Dançar ultrapassa o limite de executar movimentos, é também viver, expressar, refletir e produzir simbologias. Por isso, um ensino da dança que englobe uma visão de totalidade passa necessariamente por suas: