O Questões Grátis disponibiliza mais de 600 MIL questões, de forma GRATUITA e SEM LIMITAÇÕES.

Instale o App Questões Grátis e estude melhor! No App você pode salvar os filtros, gerar estatísticas, e muito mais. Os botões para baixar o App se encontram no topo do site.

Logo abaixo você encontra milhares de questões. Para refinar sua busca, aplique os filtros desejados (buscar por disciplina, banca, cargo, ano...). Caso deseje excluir os filtros, clique em “Limpar Filtro”.

Para estudar, aplique os FILTROS abaixo:

Com relação aos procedimentos adotados na gestão de documentos, julgue os itens a seguir.

O prazo de guarda indicado para os documentos do arquivo impresso é de cinquenta anos.

Date: 29/05/2018

O prazo de guarda dos documentos do arquivo é independente do suporte.

Date: 29/05/2018

Cada Entidade define o prazo de guarda dos documentos de acordo com suas necessidade.

Date: 29/05/2018

O QUE DEFINE O TEMPO DE GUARDA DOS DOCUMENTOS É O SEU VALOR ADMINISTRATIVO

Julgue os itens seguintes, relativos à avaliação de documentos.

Liberação de espaço físico é objetivo da avaliação documental.

Date: 29/05/2018

Para Couture et al (1999, p.17), a avaliação documental é o ato de julgar os valores dos documentos arquivísticos (valor primário e valor secundário) e de decidir sobre os períodos de tempo em que os valores se aplicam a esses documentos, dentro de um contexto de relação entre o organismo produtor e os documentos arquivísticos gerados no desenvolvimento de suas atividades.

Date: 29/05/2018

CERTO.

A avaliação é feita a partir de critérios preestabelecidos, definição dos prazos de guarda e destinação (eliminação ou preservação permanente) da documentação arquivística. Ela demanda o conhecimento da instituição. Contempla a participação de arquivistas nas ações da Comissão Permanente de Avaliação de Documentos, na elaboração e na aplicação da tabela de temporalidade, bem como os editais e listas de descarte e eliminação de documentos arquivísticos e a sujeição desses instrumentos à instituição arquivística na esfera de competência. Também abrange a atividade de fiscalização visando evitar a eliminação não autorizada de documentos arquivísticos. Abrange a atividade de microfilmagem e de digitalização de documentos.

A avaliação de documentos arquivísticos digitais tem a mesma importância que nos documentos físicos. Ela é essencial para não superlotar o sistema de arquivos digitais e não manter documentos que poderiam ser eliminados em memórias digitais.

Date: 29/05/2018

"AVALIAÇÃO DE DOCUMENTOS:

OBJETIVOS

√ Redução da massa documental

√ Agilidade na recuperação dos documentos e das informações

√ Eficiência administrativa

√ Melhor conservação dos documentos de guarda permanente

√ Racionalização da produção e do fluxo de documentos (trâmite)

√ Liberação de espaço físico

√ Incremento à pesquisa"

Fonte: BERNARDES, Ieda Pimenta. Como avaliar documentos de arquivos. São Paulo: AAB/SP, 1998 (Como fazer, 1).

Cuidado com possíveis "pegadinhas" do CESPE. Olhem uma questão com ideia semelhante que caiu no Ministério das Comunicações neste ano:

"O objetivo principal da avaliação dos documentos de arquivo é a diminuição do volume documental."

Resposta: ERRADA

Liberação de espaço físico e diminuição do volume documental são objetivos da avaliação, mas não o (s) principal (is).

Com base na legislação arquivística que trata da política de acesso a documentos e informações, julgue os itens a seguir.

Há impedimento legal para a reprodução de documento classificado como sigiloso.

Date: 29/05/2018

Não existe impedimento, mas sim normas que regulam a reprodução de documentos de caráter sigilosos.

Da Reprodução

Art. 33. A reprodução do todo ou de parte de documento com informação classificada em qualquer grau de sigilo terá o mesmo grau de sigilo do documento.

§ 1º A reprodução total ou parcial de informação classificada em qualquer grau de sigilo condiciona-se à autorização expressa da autoridade classificadora ou autoridade hierarquicamente superior com igual prerrogativa.

§ 2o As cópias serão autenticadas pela autoridade classificadora ou autoridade hierarquicamente superior com igual prerrogativa.

Art. 34. Caso a preparação, impressão ou reprodução de informação classificada em qualquer grau de sigilo for efetuada em tipografia, impressora, oficina gráfica ou similar, essa operação será acompanhada por pessoa oficialmente designada, responsável pela garantia do sigilo durante a confecção do documento.

Date: 29/05/2018

DECRETO Nº 7.845, DE 14 DE NOVEMBRO DE 2012

Art. 33. A reprodução do todo ou de parte de documento com informação classificada em qualquer grau de sigilo terá o mesmo grau de sigilo do documento.

§ 1º A reprodução total ou parcial de informação classificada em qualquer grau de sigilo condiciona-se à autorização expressa da autoridade classificadora ou autoridade hierarquicamente superior com igual prerrogativa.

§ 2o As cópias serão autenticadas pela autoridade classificadora ou autoridade hierarquicamente superior com igual prerrogativa.

Art. 34. Caso a preparação, impressão ou reprodução de informação classificada em qualquer grau de sigilo for efetuada em tipografia, impressora, oficina gráfica ou similar, essa operação será acompanhada por pessoa oficialmente designada, responsável pela garantia do sigilo durante a confecção do documento.

Date: 29/05/2018

Decreto 7.845

Da Reprodução

Art. 33. A reprodução do todo ou de parte de documento com informação classificada em qualquer grau de sigilo terá o mesmo grau de sigilo do documento.

§ 1º A reprodução total ou parcial de informação classificada em qualquer grau de sigilo condiciona-se à autorização expressa da autoridade classificadora ou autoridade hierarquicamente superior com igual prerrogativa.

§ 2o As cópias serão autenticadas pela autoridade classificadora ou autoridade hierarquicamente superior com igual prerrogativa.

Art. 34. Caso a preparação, impressão ou reprodução de informação classificada em qualquer grau de sigilo for efetuada em tipografia, impressora, oficina gráfica ou similar, essa operação será acompanhada por pessoa oficialmente designada, responsável pela garantia do sigilo durante a confecção do documento.

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014...


A respeito da gestão e digitalização de documentos arquivísticos, julgue os itens subsequentes.

A autenticidade dos documentos eletrônicos é mantida por migração de suporte e criação de cópias e métodos não invasivos que asseguram a forma física do documento.

Date: 29/05/2018

Questão errada.

Segundo Rondinelli, os documentos eletrônicos se mantêm autênticos por meio de processos contínuos de cópia e migração. Tais processos se fazem necessários devido à fragilidade do suporte, magnético ou óptico, e à obsolescência tecnológica.

É importante ressaltar que cópia e migração têm consequências diferentes para a autenticação dos documentos. A primeira consiste em uma reprodução completa dos elementos de forma e conteúdo de um documento. Consequentemente, os documentos copiados se constituem em reprodução fiéis dos documentos originais. Entretanto, há que ressaltar que, apesar de menos invasiva (agressiva), a cópia de documentos eletrônicos também se constitui em uma intervenção, logo interfere na autenticidade desses documentos....

Rondinelli, Rosely Curi. Gerenciamento arquivístico de documentos eletrônicos. Rio de Janeiro: editora FGV, 2007. Página 70.

Date: 29/05/2018

NA VERDADE, A QUESTÃO FALA DA INTEGRIDADE DOS DOCUMENTOS.

Julgue os itens seguintes, relativos a ações culturais e educativas em arquivos permanentes.

A divulgação do acervo, tarefa de importância secundária, complementa a função primordial dos arquivos.

Date: 29/05/2018

A função primária dos arquivos é administrativa, TODOS arquivos nascem com essa função.

 

A função secundária é histórica-cultural. NEM todos terão valor secundário e serão recolhidos ao arquivo permanente.

Julgue os itens seguintes, relativos a ações culturais e educativas em arquivos permanentes.

A dimensão educativa de um acervo permanente manifesta-se por meio de visitas guiadas ao arquivo, seguindo o modelo tradicional já adotado por museus.

Em relação aos códigos, planos de classificação de documentos e tabelas de temporalidade e destinação de documentos de arquivos, julgue os itens a seguir.

A mudança na estrutura administrativa da organização é o único fator que leva à alteração da tabela de temporalidade.

Date: 29/05/2018

ERRADO. É um dos fatores.

Date: 29/05/2018

A Tabela é um instrumento da gestão documental e passível de alterações na medida em

que a produção de documentos se altera, devido a :

. mudanças sociais,

. administrativas

. jurídicas.

No entanto, alterações de qualquer natureza devem partir do órgão regulador da política de arquivos.



Boa Aprovação!

Com relação à gestão de documentos, julgue os itens que se seguem.

A transferência de documentos é um procedimento que altera o método de arquivamento utilizado, pois os documentos devem passar por uma reorganização.

Date: 29/05/2018

ATENÇÃO

 

Os documentos devem passar por uma reorganização mas não necessáriamente em outro método arquivistico.

Date: 29/05/2018

os documentos serão reorganizados, porém não significa que sera utilizado outro metodo arquivistico

Julgue os itens seguintes, relativos aos instrumentos de pesquisa em arquivos permanentes e intermediários.

O guia, principal instrumento de pesquisa, permite uma visão ampla do acervo, disponibiliza dados institucionais do arquivo e informações sobre a documentação.

Date: 29/05/2018

Guia: Seu principal propósito é  orientar os usuários  a respeito dos fundos 

integrantes do acervo do arquivo permanente. É o  instrumento de pesquisa mais 

abrangente, quer pela sua linguagem de fácil acesso, quer pela visão do conjunto 

total dos “serviços arquivísticos” disponíveis.  É o primeiro instrumento que deve 

ser produzido.

Date: 29/05/2018

Guia: descrição ampla dos arquivos.

Inventário: descrição parcial.

Catálogo: descrição unitária.

Repertório: catálogo seletivo dos arquivos.

Índice: para a localização dos arquivos.

Edição de fontes: texto integral.

Acerca da digitalização e da microfilmagem de documentos em arquivos, julgue os itens subsequentes.

Os filmes negativos oriundos do processo de microfilmagem devem ser arquivados, por segurança, em local distante do setor a que os documentos correspondam.

Date: 29/05/2018

ERRADO

Os filmes negativos, como a questão diz, são os filmes originais. Estes devem permanecer no mesmo lugar onde se encontra a empresa ou órgão. Porém, alem do filme original, deve ser extraído um filme / cópia do filme original e este sim fica distante da empresa ou orgao por questões de segurança no caso de sinistros.

Date: 29/05/2018

Lei Nº 5433/68

§ 4º Os filmes negativos resultantes de microfilmagem ficarão arquivados na repartição detentora do arquivo, vedada sua saída sob qualquer pretexto.