O Questões Grátis disponibiliza mais de 600 MIL questões, de forma GRATUITA e SEM LIMITAÇÕES.

Instale o App Questões Grátis e estude melhor! No App você pode salvar os filtros, gerar estatísticas, e muito mais. Os botões para baixar o App se encontram no topo do site.

Logo abaixo você encontra milhares de questões. Para refinar sua busca, aplique os filtros desejados (buscar por disciplina, banca, cargo, ano...). Caso deseje excluir os filtros, clique em “Limpar Filtro”.

Para estudar, aplique os FILTROS abaixo:

2017_01_13_58790311915a8.PNG

A utilização de pronomes e advérbios pode contribuir para a coesão textual. Sobre esse assunto,

assinale a alternativa que analisa corretamente o processo coesivo em questão.

Date: 02/06/2018

Onde está o termo destacado da questão?


Date: 02/06/2018

Não concordo com o gabarito.

Pois o pronome faz uma menção catafórica e não anafórica como é sugerido na questão.

Se alguém concordar com gabarito, por gentileza, esclareça minha dúvida.



Date: 02/06/2018

São chamados de pronomes anafóricos aqueles que estabelecem uma referência dependente com um termo antecedente, é uma palavra herdada do grego "anaphorá" e do latim "anaphora".

Designa-se ANÁFORA (não confundir com a figura de linguagem de mesmo nome) o termo ou expressão que, em um texto ou discurso, faz referência direta ou indireta a um termo anterior. O termo anafórico retoma um termo anterior, total ou parcialmente, de modo que, para compreendê-lo dependemos do termo antecedente.

Date: 02/06/2018

Não entendi, citado anteriormente?

mas o nome da canção a qual o trecho faz referência esta posterior,

alguém pode explicar?

Date: 02/06/2018

Não entendi, citado anteriormente?

mas o nome da canção a qual o trecho faz referência esta posterior,

alguém pode explicar?

Date: 02/06/2018

Concordo com os demais, pra mim era catafórica.

Date: 02/06/2018

Eu também pensei que era catafóra, mas se analisarmos de um ponto de vista mais especifico no que compreende o pronome possessivo em destaque, no caso, "suas" remete ao cantor que já havia sido dito anteriormente. Pode ser anafórica. O que acham?

Date: 02/06/2018
a) Em "por ele ter criado novas formas de expressão poética" (1º parágrafo), o pronome pessoal destacado possibilita a coesão por elipse, uma vez que o nome do cantor é omitido, isto é, fica elíptico. O pronome pessoal é o sujeito da oração, nada tem a ver com omissão do nome do cantor.

b) No trecho "Uma de suas principais canções" (3º parágrafo), o pronome possessivo em destaque promove a coesão referencial, pois faz uma menção anafórica a um elemento citado anteriormente no texto. correto, o elemento citado anteriormente: cantor, segundo melhor artista.

c) No trecho "anunciou hoje (13) a Academia Sueca" (1º parágrafo), a utilização do advérbio promove a coesão circunstancial, uma vez que situa o interlocutor no tempo em que se deu o fato relatado. Pode ser em qualquer dia o "hoje", não situa no tempo do fato, situa no momento da leitura.

d) Em "aos 10 anos Dylan escreveu seus primeiros poemas" (2º parágrafo), a coesão foi estabelecida pelo pronome por causa da ênfase que se quis dar à determinada informação, priorizando a posse que ele tinha dos poemas, em vez de sua idade. A ênfase é dada na idade.

e) No trecho "quando foi para a Universidade de Minnesota em 1959, voltou-se para folk music" (2º parágrafo), a coesão por substituição é possibilitada pela partícula destacada, um pronome pessoal do caso oblíquo. "Se" é parte integrante do verbo: voltar-se = tender.


Esse foi meu entendimento, se alguém puder complementar/corrigir, agradeço...


Date: 02/06/2018

Achei brilhante a resposta da Priscilla e concordo totalmente com ela no destaque da letra B, que também errei, pois a relação anafórica é com cantor.

Havia marcado C mas como ela disse e é muito abordado pela FGV "não situa no tempo do fato, situa no momento da leitura".

obrigado...

Date: 02/06/2018

a) Em "por ele ter criado novas formas de expressão poética" (1º parágrafo), o pronome pessoal destacado possibilita a coesão por elipse, uma vez que o nome do cantor é omitido, isto é, fica elíptico. O pronome pessoal destacado possibilita a coesão por referência, evitando repetições indesejadas.

b) No trecho "Uma de suas principais canções" (3º parágrafo), o pronome possessivo em destaque promove a coesão referencial, pois faz uma menção anafórica a um elemento citado anteriormente no texto. correto, o elemento citado anteriormente: cantor, segundo melhor artista. CORRETO: coesão por referência, evitando a repetição e anafórica, pois se refere a um elemento citado anteriormente (Bob Dylan, cantor)

c) No trecho "anunciou hoje (13) a Academia Sueca" (1º parágrafo), a utilização do advérbio promove a coesão circunstancial, uma vez que situa o interlocutor no tempo em que se deu o fato relatado. A coesão é circunstancial, porém não situa no tempo, em que se deu o fato como afirma a questão

d) Em "aos 10 anos Dylan escreveu seus primeiros poemas" (2º parágrafo), a coesão foi estabelecida pelo pronome por causa da ênfase que se quis dar à determinada informação, priorizando a posse que ele tinha dos poemas, em vez de sua idade. A ênfase não é dada a posse dos poemas, mas sim a idade com que ele escreveu..

e) No trecho "quando foi para a Universidade de Minnesota em 1959, voltou-se para folk music" (2º parágrafo), a coesão por substituição é possibilitada pela partícula destacada, um pronome pessoal do caso oblíquo. Neste caso, voltou-se é um verbo pronominal, não se tratando portanto de coesão por substtuição, pois não retoma elemento já citado..

Date: 02/06/2018

Eu havia marcado a opção "A", mas a Priscilla nos deu uma aula na correção e a Simone foi pontual na minha opção marcada: existe uma coesão por referência e não por elipse, minha pergunta é, se a questão estivesse afirmando ser uma coesão por referência, pois faz uma menção anafórica, estaria certa?

Date: 02/06/2018

Felipe, de fato, se a alternativa dissesse "anafórica" estaria certa.

Eu errei a questão por pura falta de atenção (preguiça de raciocínio). A Priscila foi realmente brilhante na correção. Letra B a correta.

Se eu me desse ao trabalho de subtituir "suas" por "dele", talvez ficasse mais visível o fato de que o pronome se refere ao "cantor" e não a "uma das principais canções". --> "Uma das principais canções dele, Like a rolling stones". Dele, o cantor.

Date: 02/06/2018

na questão o autor se refere ao cantor e nao a musica por isso eh anaforica

Date: 02/06/2018

Olá amigos concurseiros fiquei com dúvida nesse questão. O elemento da legenda conta na interpretação de um texto? Porque se contar, não consigo concordar com os colegas de porque a letra c estaria errada uma vez que a informação, na legenda, que o hoje foi publicado no dia 13 de outubro de 2016 e portanto o advérbio promoveria sim uma coesão circunstancial juntada com todos os elementos do texto. Grato se alguém puder tirar essa minha dúvida.

Date: 02/06/2018

Banca CVEST é isso? Nossa gente, que erro grotesco heim? A menção citada na alternativa B é catafórica, não tem nem o que se discutir. Alguém sabe qual foi a justificativa da banca e o porquê a questão não foi anulada?

Date: 02/06/2018

Questão anulada! :P

Date: 02/06/2018

AFINAL FOI ANULADA?

E os comentários da priscilla e tantos outros que concordaram?

Estavam certos ou não?

Tantas pessoas elogiando e concordando, por favor ! explique o correto.

Date: 02/06/2018

NÃO CONSEGUIR ENCONTRAR NADA SOBRE ANULAÇÃO DA QUESTÃO????

Date: 02/06/2018

Caros colegas, entendi da seguinte forma: O pronome possessivo concorda com o termo que vem a sua frente, no entanto retoma o termo anterior, no caso em tela, o pronome SUAS concorda com principais canções, porém retoma o próprio autor (Bob Dylan). O nome da música (like a roling stones) aparece entre vírgulas, pois se trata de aposto explicativo podendo até mesmo ser retirado da frase.

Date: 02/06/2018

Demorei para aceitar essa resposta, mas faz sentido o nome da música ser um aposto e a referência de fato dos 'suas' é o 'cantor' e 'artista'.

Questão trabalhosa!

Date: 02/06/2018

Cara, quando ele fala: uma de suas principais canções, ele ta se referindo a MUSICA que mais se destacou. Então isso é cataforico

Date: 02/06/2018

Entendi a frase da seguinte maneira: Uma de suas principais canções = Uma das principais canções de Bob Dylan, Like a Rolling Stones.

Retomando, desta forma, um elemento citado anteriormente em relação de anáfora

Date: 02/06/2018

Pelas estatísticas essa questão tirara muita gente da prova, apesar de quase ninguém ser obrigado a concordar se a banca deu como certa o jeito é aceitar, mas para quem fez a prova no dia e quis recorrer aí é outra história. Bons Estudos.

Provas: CVEST - 2017 - IFPE - Revisor de Texto
Disciplina: Português
Assuntos:

2017_01_16_587cc6e4b9c28.PNG

2017_01_16_587cc6f6f2bdd.PNG

Segundo a visão do autor do TEXTO 09, a relação entre o autor e o revisor

Date: 02/06/2018

letra C

deve ser a melhor possível, pois o resultado final, a publicação, depende do entendimento entre ambos.

Provas: CVEST - 2017 - IFPE - Revisor de Texto
Disciplina: Português
Assuntos:

2017_03_09_58c1864210e45.PNG

2017_03_09_58c1864d4b06e.PNG

Assinale o item que aponta, CORRETAMENTE, o elemento retomado pela expressão em

negrito nos trechos que seguem.

Date: 02/06/2018

Nesta questão é trabalhado os pronomes relativos e demonstrativos, que servem para retomar informações (frases) ou vocábulos (palavras) que já foram ditas no texto. A resposta correta é a alternativa "A".

a) No trecho "Quando a classe de Ana Clara se dividiu em duplas, um de seus propósitos era que uns dessem sugestões aos outros. A pesquisadora argentina em didática Mirta Castedo é defensora desse tipo de proposta." (7º parágrafo), o termo em negrito retoma a divisão da turma em duplas para revisão conjunta.

O trecho do texto "desse tipo de proposta" retoma a seguinte parte do texto "Quando a classe de Ana Clara se dividiu em duplas, um de seus propósitos era que uns dessem sugestões aos outros.", por isso a alternativa correta é a letra "A".

Date: 02/06/2018

b) refere-se à produção dos estudantes

c) refere-se à turma

d) refere-se aos objetivos e às ideias

e) refere-se à própria produção

Provas: CVEST - 2017 - IFPE - Revisor de Texto
Disciplina: Português
Assuntos:

2017_01_16_587cc79c70db3.PNG

2017_01_16_587cc7a33c79d.PNG2017_01_16_587cc7ab42f5c.PNG

Para o trabalho do revisor, as ideias expostas no TEXTO 12 são importantes porque

Provas: CVEST - 2017 - IFPE - Revisor de Texto
Disciplina: Português
Assuntos:

2017_01_16_587cc80fbf886.PNG

O TEXTO 13, de Eliezer Pacheco, foi originalmente publicado no portal do MEC e posteriormente editado como capítulo do livro “Institutos Federais: uma revolução na educação profissional e tecnológica”, cuja folha de rosto está reproduzida como TEXTO 14 . De acordo com a NBR 6023 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que trata das normas atuais de publicação, a referência bibliográfica CORRETA para esse livro, cujas informações constam no TEXTO 14, é:

Date: 02/06/2018

Sequência correta:

AUTOR. Titulo: subtítulo. Edição. Local: Editora, ano.

Apenas a letra " e " contempla a sequência acima.

Provas: CVEST - 2017 - IFPE - Revisor de Texto
Disciplina: Português
Assuntos:

2017_01_16_587cc80fbf886.PNG

Sobre o processo de normalização de textos técnico-científicos, como o TEXTO 14, assinale a alternativa INCORRETA.

Date: 02/06/2018

Alternativa A.

As alternativas abaixo mostram o resultado do verbete “trabalho” em um dicionário etimológico da plataforma wiki (https://pt.wiktionary.org/wiki/trabalho). A única versão que está rigorosamente CORRETA, quanto ao uso dos sinais de pontuação, é:

Date: 02/06/2018

Letra C

Para acertar esse tipo de questão, que cada vez é menos recorrente em concursos, é preciso muita leitura.


Date: 02/06/2018

(b) O significado da palavra trabalho, remonta à sua origem latina => Vírgula separa sujeito do verbo, ERRADO

(d) e (e) => Pois vem deslocado, como conjunção conclusiva, logo deve estar entre vírgulas. Logo, estas alternativas estão erradas.

(c) CORRETA

Date: 02/06/2018

Aparentemente parece ser complexa, mas com calma dá pra resolver.


Date: 02/06/2018
  • a) O significado da palavra trabalho remonta à sua origem latina, – tripalium (três paus) – instrumento utilizado para subjugar os animais e forçar os escravos a aumentar a produção. O tripalium era, pois, um instrumento de tortura; algo semelhante à cruz que o rebanho cristão adotou como objeto-símbolo. ERRADA, dois travessões em volta da palavra Tripalium
  • b) O significado da palavra trabalho, remonta à sua origem latina, tripalium (três paus), instrumento utilizado para subjugar os animais e forçar os escravos a aumentar a produção. O tripalium era, pois, um instrumento de tortura, algo semelhante à cruz que o rebanho cristão adotou como objeto-símbolo. ERRADA, Tripalium separada por duas vírgulas
  • c) O significado da palavra trabalho remonta à sua origem latina: tripalium (três paus) – instrumento utilizado para subjugar os animais e forçar os escravos a aumentar a produção. O tripalium era, pois, um instrumento de tortura, algo semelhante à cruz que o rebanho cristão adotou como objeto-símbolo. CORRETA
  • d) O significado da palavra trabalho remonta à sua origem latina: tripalium (três paus) instrumento utilizado para subjugar os animais e forçar os escravos a aumentar a produção. O tripalium era pois, um instrumento de tortura, algo semelhante à cruz que o rebanho cristão adotou como objeto-símbolo. ERRADA, Faltou dois pontos( explicação da palavra tripalium) e travessão .
  • e) O significado da palavra trabalho remonta à sua origem latina, tripalium, (três paus) instrumento utilizado para subjugar os animais e forçar os escravos a aumentar a produção. O tripalium era pois um instrumento de tortura. Algo semelhante à cruz que o rebanho cristão adotou como objeto-símbolo. ERRADA, faltou o travessão e dois pontos, a palavra tripalium está rodeada por duas virgulas e o POIS está deslocado(exercendo função de "portanto"), por isso teria que ser colocado vírgula antes e depois da palavra.

2017_01_13_587902f963ce0.PNG

O TEXTO 03 é uma peça publicitária que estabelece um interessante diálogo com a obra modernista Abaporu, de Tarcila do Amaral. A principal estratégia argumentativa do texto é

Date: 02/06/2018

Gabarito: D

Por Ana Lucia Santana

A intertextualidade pode ser compreendida como a produção de um discurso com base em outro texto previamente estruturado. Em cada caso este conceito assumirá papeis distintos, em decorrência dos enunciados e das circunstâncias nos quais ele será embutido.

Este elemento está vinculado certamente ao domínio de um saber geral sobre o mundo, o qual deve ser dividido, melhor dizendo, precisa estar presente tanto na experiência de vida do criador da mensagem quanto de seu decodificador. É possível haver ou não uma interação entre várias esferas do conhecimento, não necessariamente se limitando à obra literária.

Há pelo menos sete tipos de intertextualidade:

Epígrafe: consiste em um texto inicial, que tem como objetivo abrir uma narrativa. É, portanto, um registro escrito introdutório utilizado como diretriz do discurso central por ser capaz de sintetizar de maneira modelar a filosofia do escritor.

A palavra 'epígrafe' tem origem no idioma grego e pode ser traduzida aproximadamente como 'escrita na posição superior'. Essa modalidade de intertextualidade é utilizada quando um escritor se vale da passagem de uma obra prévia para dar início ao seu próprio enredo.

Citação: é a referência a uma passagem do discurso de outra pessoa no meio de um texto, entre aspas e normalmente acompanhada da identidade de seu criador.

Paráfrase: ocorre quando o escritor reinventa, com instrumentos apropriados, um texto pré-existente, resgatando para o leitor sua filosofia originária. O termo provém do grego "para-phrasis", que tem o sentido de reproduzir uma frase. Essa espécie de interação intertextual equivale a repetir um conteúdo ou um fragmento dele claramente, porém em outros termos, preservando sempre a concepção inicial.

Paródia: quando o autor se apodera de um discurso e, ao invés de avalizar o exemplar resgatado, opõe-se a ele de forma discreta ou explicitamente. Várias vezes ele desvirtua o discurso prévio, seja por desejar criticá-lo ou por querer tecer uma ironia.

Pastiche: há uma união de diversos conteúdos e o resultado é uma colcha de retalhos. Não é difícil de compreender: este recurso ocorre quando se realiza a combinação de um determinado texto com um ou mais discursos.

Tradução: esta intertextualidade é o ajustamento de um texto composto em outro idioma à língua falada no país onde a obra é traduzida. Por exemplo, quando um livro em francês é traduzido para o vernáculo espanhol.

Referência e Alusão: aqui o escritor não indica abertamente o evento em foco; ele simplesmente o insinua por meio de qualidades menos importantes ou alegóricas.

Fontes:
http://soumaisenem.com.br/portugues/generos-textuais/os-tipos-de-intertextualidade-parte-1
http://pt.wikipedia.org/wiki/Intertextualidade


Date: 01/06/2020

Cv6e

2017_01_13_58790308100ae.PNG

A leitura do TEXTO 05 nos permite constatar que

Quanto aos aspectos gramaticais ligados à pontuação, analise as proposições que seguem. I. No trecho “Com a ajuda do professor, as turmas aprendem a analisar se ideias e recursos utilizados foram eficazes e de que forma o material pode ser melhorado.”(3º parágrafo), o uso da vírgula não se justifica, pois está separando o sujeito do verbo.
II. O travessão utilizado em “Eles tiveram de reescrevê-lo na perspectiva de um observador – ou seja, em terceira pessoa.” (4º parágrafo), poderia perfeitamente ser substituído por uma vírgula.
III. Em “A segunda missão foi ainda mais desafiadora: contar uma história da infância dos pais.” (4º parágrafo),. O uso dos dois pontos não se justifica.
IV. No trecho “Cada um releu seu conto, realizou outra entrevista com o parente-personagem e produziu uma segunda versão.” (5º parágrafo), a utilização da vírgula se justifica por organizar orações coordenadas.
V. Em “Um escritor proficiente, no entanto, não faz a revisão só no fim do trabalho.” (8º parágrafo), as vírgulas estão corretamente postas, pois separam expressão deslocada de sua posição original.
Assinale a alternativa que apresenta as proposições CORRETAS.

Date: 02/06/2018

Gabarito: C)

I) Errada pois "Com a ajuda do professor" é termo deslocado, e não sujeito.

III) Errada pois o uso dos dois pontos pode ser usado para sugerir uma explicação, como na presente questão.

Date: 02/06/2018

Sujeito nunca vem preposicionado!