O Questões Grátis disponibiliza mais de 600 MIL questões, de forma GRATUITA e SEM LIMITAÇÕES.

Instale o App Questões Grátis e estude melhor! No App você pode salvar os filtros, gerar estatísticas, e muito mais. Os botões para baixar o App se encontram no topo do site.

Logo abaixo você encontra milhares de questões. Para refinar sua busca, aplique os filtros desejados (buscar por disciplina, banca, cargo, ano...). Caso deseje excluir os filtros, clique em “Limpar Filtro”.

Para estudar, aplique os FILTROS abaixo:

2017_01_13_58790308100ae.PNG

A leitura do TEXTO 05 nos permite constatar que

Com relação à gestão de documentos, assinale a afirmativa CORRETA.

“Configuração que assume um documento de acordo com o sistema de signos utilizado na comunicação de seu conteúdo” é o conceito de

Date: 02/06/2018

a) Tipo: é a configuração que assume um documento de acordo com a atividade que a gerou.

    • Exemplos: Ata de Posse; Boletim de Notas e Freqüência de Alunos, Regimento de Departamento, Processo de Vida Funcional, Relatório de Atividades, Atestado de Matrícula, etc

b) Formato: é a configuração física de um suporte de acordo com a sua natureza e o modo como foi confeccionado:

    • Exemplos: formulários, fichas, livro, caderno, planta, folha, cartaz, microficha, rolo, tira de microfilme, mapa, etc.

c) Forma: refere-se ao estágio de preparação do documento.

    • Exemplos: Minuta, rascunho, original, cópia

d) Gênero: configuração que assume um documento de acordo com o sistema de signos utilizados na comunicação de seu conteúdo.

    • Exemplos: audiovisual (filmes); fonográfico (discos, fitas); iconográfico (obras de arte, fotografias, negativos, slides, microformas); textual (documentos escritos de uma forma geral); tridimensionais (esculturas, objetos, roupas); magnéticos/informáticos (disquetes, CD-ROM, etc).

e) Espécie: é a configuração que assume um documento de acordo com a disposição e a natureza das informações nesse contidas.

    • Exemplos: ata, relatório, carta, ofício, proposta, diploma, atestado, requerimento, organograma, etc.

Fonte: http://www.siarq.unicamp.br/siarq/images/siarq/arq...



Date: 02/06/2018

De acordo com a Professora Heloísa Bellotto, os termos gênero, espécie e tipo documental possuem as seguintes definições:

Gênero: configuração que assume um documento de acordo com o sistema de signos de que seus executores se serviram para registrar a mensagem.

Espécie: configuração que assume um documento de acordo com a disposição e a natureza das informações nele contidas.

Tipo: configuração que assume a espécie documental de acordo com a atividade que a gerou.


Fonte: Arquivologia para Concursos, Renato Valentini, 2013, página 32

Acerca da Tabela de Temporalidade, analise as proposições a seguir.
I. A tabela de temporalidade é um instrumento arquivístico resultante de classificação, que tem por objetivos definir prazos de guarda e destinação de documentos, com vista a garantir o acesso à informação a quantos dela necessitem.
II. A metodologia de elaboração da tabela de temporalidade fundamenta-se nas funções e atividades desempenhadas pelos órgãos públicos, tomando-se por base o conteúdo da informação contida nos documentos.
III. Os órgãos, ao adotar a tabela, devem designar uma Comissão Provisória de Avaliação que terá a responsabilidade de proceder às adaptações, orientar sua aplicação, orientar o processo de seleção dos documentos e proceder à revisão periódica no que se refere aos documentos relativos às atividades-meio.
Está CORRETO o que se afirma em

Date: 02/06/2018

I - A tabela de temporalidade é um instrumento arquivístico resultante de avaliação, que tem por objetivos definir prazos de guarda e destinação de documentos, com vista a garantir o acesso à informação a quantos dela necessitem.

II - Correta

III - Os órgãos, ao adotar a tabela, devem designar uma Comissão Permanente de Avaliação que terá a responsabilidade de proceder às adaptações, orientar sua aplicação, dirimir possíveis dúvidas, orientar o processo de seleção dos documentos e proceder à revisão periódica no que se refere aos documentos relativos às atividades-meio.

Acerca da Tabela de Temporalidade, é INCORRETO afirmar que se trata de um instrumento que:

Na identificação diplomática do documento deve-se estabelecer e/ou reconhecer, sequencialmente:

Date: 02/06/2018
  • Diplomática – Estuda o documento como documento independente das relações de arquivo. É responsável pela análise da espécie documental. Quase todo ato administrativo gera um documento de natureza jurídica, que condiciona seus aspectos formais, também por razões de autenticidade. É importante lembrar que um ato administrativo não se encerra aí: ele costuma gerar um fato administrativo, que é a realização do que demanda seu conteúdo. Os aspectos formais do documento são analisados pela Diplomática, de forma que possa ser avaliado em relação à sua verdadeira natureza.

Na identificação diplomática do documento deve-se estabelecer e/ou reconhecer, sequencialmente:

1) a sua autenticidade relativamente à espécie, ao conteúdo e à finalidade;

2) a datação (datas tópica e cronológica);

3) a sua origem/proveniência (identidade do documento relativamente ao produtor/acumulador, o seu referencial básico);

4) a transmissão/tradição documental;

5) a fixação do texto.


http://arquivoraz.blogspot.com.br/2014/11/relacoes-entre-os-conceitos-da_21.html

Provas: CVEST - 2017 - IFPE - Arquivista
Disciplina: Arquivologia
Assuntos:

Segundo Schellenberg, a Revolução Francesa foi um marco histórico importante para a Arquivologia, pois
I. Criou uma administração Nacional e independente dos arquivos.
II. Foram destruídos muitos documentos sem relevância, diminuindo a massa documental.
III. Reconheceu a responsabilidade do Estado pela conservação dos documentos.
IV. Estabeleceu a teoria das três idades.
V. Proclamou o princípio de acesso do público aos arquivos.
Está INCORRETO o que se afirma em

Date: 02/06/2018

A Revolução Francesa (1789-1799) contribuiu bastante para a Arquivística, pois durante o movimento, os camponeses ficaram divididos em 2 grupos. De um lado, que queriam destruir os documentos referentes ao antigo regime, com o objetivo de "apagar" as más lembranças desta odiada época. Enquanto a outra parte, desejava organizar e conservar os documentos em um arquivo para levar as informações às gerações futuras.Diante disso, criou-se o primeiro Arquivo Nacional do mundo, o Archive Nationale de Paris. Segundo Schellenberg, nele deveria ser guardados os documentos da Nova França, documentos estes que traduziam suas conquistas e mostravam suas glórias.

Este reconhecimento de guarda e não de destruição resultou em três importantes realizações no campo arquivístico:

a) Criação de uma administração nacional e independente dos arquivos;

b) Proclamação do princípio de acesso do público aos arquivos;

c) Reconhecimento da responsabilidade do Estado pela conservação dos documentos de valor, do passado.

Referência

SCHELLENBERG, T. R. Arquivos modernos: princípios e técnicas. 6.ed, Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2006.

Segundo as diretrizes do Conselho Internacional de Arquivos, um programa de gestão de documentos deve ser desenvolvido em três fases:

Date: 02/06/2018

As 3 fases básicas da gestão de documentos são:

Produção,
Utilização e
Destinação final.

Date: 02/06/2018

Fases da Gestão de Documentos

De início, é importante registrar que nos termos do art. 3º da Lei 8.159/1991, considera-se gestão de documentos o conjunto de procedimentos e operações técnicas referentes à sua produção, tramitação, uso, avaliação e arquivamento em fase corrente e intermediária, visando a sua eliminação ou recolhimento para guarda permanente.

Observe que a gestão de documento ocorre nas fases corrente e intermediária.

As tarefas que compõem a gestão de documentos são: produção, tramitação, uso, avaliação e arquivamento ( mnemônico: PATUA). Isso ajuda a memorizar.

Essas tarefas são distribuídas nas fases da gestão de documentos, quais sejam, produção, utilização e destinação ( mnemônico PUD). Assim, o PATUA está dentro do PUD, ok? Professor, que loucura! Gente, isso ajuda na hora da prova, acredite!

A partir de agora, vamos detalhar cada fase da gestão de documento, beleza?

Produção: esta fase refere-se à elaboração de documentos (produção/criação), em face das atividades da instituição. Nesta fase, é fundamental intervir no processos de geração dos documentos, tendo em vista evitar que sejam criados ou reproduzidos documentos desnecessários. Infelizmente, isso ainda ocorre muito na administração pública. O arquivísta deve contribuir para que sejam criados apenas documentos essenciais (racionalização). Vale registrar, também, que nesta fase é sugerida a criação de modelos de formulários que devem ser utilizados pela instituição, de acordo com a necessidade dos órgãos. Além disso, na fase de produção pode-se, ainda, opinar sobre a escolha de equipamentos e recrutamento de pessoal, bem como apresentar estudos sobre o melhor aproveitamento dos recursos de tecnologia disponíveis.

Utilização: esta fase está ligada ao uso e à tramitação de documentos mencionados no conceito de gestão de documentos da Lei 8.159/91. Inclui as atividades de protocolo, de organização e arquivamento de documentos em fase corrente e intermediária. Além disso, inclui a elaboração de normas de acesso à documentação, como, por exemplo, empréstimo, consulta e a recuperação de informações essenciais ao desenvolvimento das funções administrativas das instituições.

Destinação: esta fase é responsável por determinar o prazo de guarda dos documentos na fase corrente e intermediária, bem como quais documentos serão objeto dearquivamento permanente e os que deverão ser eliminados por terem perdido valor de prova e de informação para a instituição. A fase de destinação desenvolve-se a partir da análise e avaliação dos documentos acumulados nos arquivos.

É importante ressaltar que mediante a avaliação, há dois destinos para os documentos: a sua eliminação ou o seu recohimento ao arquivo permanente. Repetição até a exautão, rs

Normalmente, o examinador costuma perguntar qual fase da gestão de documento uma determinada tarefa pertence. Por exemplo, em que fase da gestão de documento fica o protocolo? Quem respondeu utilização acertou, hehehehe....


https://www.pontodosconcursos.com.br/artigo/14001/...


Date: 02/06/2018

Art. 3º - Considera-se gestão de documentos o conjunto de procedimentos e operações técnicas referentes à sua produção, tramitação, uso, avaliação e arquivamento em fase corrente e intermediária, visando a sua eliminação ou recolhimento para guarda permanente.

Gabarito "A"

2017_01_13_587902e8b418f.PNG

A coesão textual pode ser entendida como o fenômeno que diz respeito ao modo como os

elementos linguísticos presentes no texto encontram-se interligados entre si, por meio de

recursos também linguísticos, formando sequências veiculadoras de sentidos. A esse respeito,

analise as afirmativas a seguir.

2017_01_30_588f586402813.PNG

Estão CORRETAS, apenas, as afirmações constantes nos itens

Date: 02/06/2018

v- esta errada pois o termo correto seria ANAFORICA, ou seja, os "participantes" já haviam sido citados.

Date: 02/06/2018

Esse/Essa/Isso: Função Anafórica

Este/Esta/Isto: Função Catafórica

Date: 02/06/2018

Esse/Essa/Isso: Função Anafórica

Este/Esta/Isto: Função Catafórica

2017_01_13_58790301952cb.PNG

O TEXTO 04 refere-se a uma das novas regras de acentuação instituída a partir do último

acordo ortográfico que se tornou obrigatório no Brasil a partir de 01 de janeiro de 2016 . A

respeito dessa regra, marque a única alternativa CORRETA.

Date: 02/06/2018

3º)Não se acentuam graficamente os ditongos representados por ei e oi da sílaba tónica/tônica das palavras paroxítonas, dado que existe oscilação em muitos casos entre o fechamento e a abertura na sua articulação: assembleia, boleia, ideia, tal como aldeia, baleia, cadeia, cheia, meia; coreico, epopeico, onomatopeico, proteico; alcaloide, apoio (do verbo apoiar), tal como apoio (subst.), Azoia, boia, boina, comboio (subst.), tal como comboio, comboias, etc. (do verbo comboiar), dezoito, estroina, heroico, introito, jiboia, moina, paranoico, zoina.

Date: 02/06/2018

a) Heroico, plateia, ideia e mocreia perderam o acento assim como todas as paroxítonas que possuem forma arrizotônica. (ERRADO) OBS. Não se acentua por serem paroxítonos com sílaba forte no ditongo aberto "EI e OI".

b) Assim como heroico, o ditongo aberto da palavra heroi também não recebe mais acento agudo. (ERRADO) OBS. "Heroi" não é paroxítono, logo será acentuado, pois é oxítono terminado em ditongo aberto. Herói.

c) Apesar de Coréia também possuir o ditongo aberto "ei" – assim como ideia, mocreia e plateia – não deve perder o acento porque é nome próprio, não podendo ser alterado por acordos ortográficos. (ERRADO) OBS. Coreia também perdeu o acento gráfico.

d) As proparoxítonas continuam sendo acentuadas com exceção de palavras formadas por ditongo aberto, tais como heroico, plateia, ideia e mocreia. (ERRADO) OBS. Todas as Proparoxítonas são acentuadas.

e) Em heroico, plateia, ideia e mocreia deixam de ser acentuados os ditongos abertos, pois essas palavras são paroxítonas. (CORRETO)

Date: 02/06/2018

letra e) correta

Acento agudo – não se usa mais nos ditongos abertos das palavras paroxítonas

Como era Como fica
assembléia……………………………. assembleia
heróico………………………………..heroico
idéia………………………………….ideia
Coréia…………………………………Coreia
platéia………………………………..plateia
apóio………………………………….apoio

Atenção: continuam a ser acentuadas as palavras troféu, troféus, herói, heróis, papéis, anéis, dói, céu, chapéu – assim como todas as demais oxítonas e monossílabos terminados em éi, éu e ói no singular ou plural.

link: http://www.mbigucci.com.br/blog/nova-regra-ortogra...

Date: 02/06/2018

a) Heroico, plateia, ideia e mocreia perderam o acento assim como todas as paroxítonas que possuem forma arrizotônica. ERRADO

As paroxitonas terminadas em a, e, o não são acentuadas


b) Assim como heroico, o ditongo aberto da palavra heroi também não recebe mais acento agudo. ERRADO

HERÓI recebe acento especial palavras terminadas em ditongo aberto ei, eu, oi


c)Apesar de Coréia também possuir o ditongo aberto "ei" – assim como ideia, mocreia e plateia – não deve perder o acento porque é nome próprio, não podendo ser alterado por acordos ortográficos. ERRADO

As paroxitonas terminadas em a, e, o não são acentuadas


d) As proparoxítonas continuam sendo acentuadas com exceção de palavras formadas por ditongo aberto, tais como heroico, plateia, ideia e mocreia. ERRADO

TODAS PROPAROXITONAS SÃO ACENTUADAS


e)Em heroico, plateia, ideia e mocreia deixam de ser acentuados os ditongos abertos, pois essas palavras são paroxítonas. correto

Só acentuam as paroxitonas terminadas em : L,R,N,X / I, UM, US/ Ã,ÃO / PS ditongos



https://www.qconcursos.com/questoes-de-concursos/questao/941e7140-e4

Date: 02/06/2018

Só acrescentando que Formas rizotônicas são aquelas em que o acento tônico cai no radical e Formas Arrizotônicas são as formas verbais em que o acento tônico não cai no radical.

Date: 02/06/2018

Alguém pode me tirar uma dúvida? paroxítonas terminadas em ditongo (crescente ou decrescente), são acentuadas, não é não?