O Questões Grátis disponibiliza mais de 600 MIL questões, de forma GRATUITA e SEM LIMITAÇÕES.

Instale o App Questões Grátis e estude melhor! No App você pode salvar os filtros, gerar estatísticas, e muito mais. Os botões para baixar o App se encontram no topo do site.

Logo abaixo você encontra milhares de questões. Para refinar sua busca, aplique os filtros desejados (buscar por disciplina, banca, cargo, ano...). Caso deseje excluir os filtros, clique em “Limpar Filtro”.

Para estudar, aplique os FILTROS abaixo:

2017_01_13_58790311915a8.PNG

A utilização de pronomes e advérbios pode contribuir para a coesão textual. Sobre esse assunto,

assinale a alternativa que analisa corretamente o processo coesivo em questão.

Date: 02/06/2018

Onde está o termo destacado da questão?


Date: 02/06/2018

Não concordo com o gabarito.

Pois o pronome faz uma menção catafórica e não anafórica como é sugerido na questão.

Se alguém concordar com gabarito, por gentileza, esclareça minha dúvida.



Date: 02/06/2018

São chamados de pronomes anafóricos aqueles que estabelecem uma referência dependente com um termo antecedente, é uma palavra herdada do grego "anaphorá" e do latim "anaphora".

Designa-se ANÁFORA (não confundir com a figura de linguagem de mesmo nome) o termo ou expressão que, em um texto ou discurso, faz referência direta ou indireta a um termo anterior. O termo anafórico retoma um termo anterior, total ou parcialmente, de modo que, para compreendê-lo dependemos do termo antecedente.

Date: 02/06/2018

Não entendi, citado anteriormente?

mas o nome da canção a qual o trecho faz referência esta posterior,

alguém pode explicar?

Date: 02/06/2018

Não entendi, citado anteriormente?

mas o nome da canção a qual o trecho faz referência esta posterior,

alguém pode explicar?

Date: 02/06/2018

Concordo com os demais, pra mim era catafórica.

Date: 02/06/2018

Eu também pensei que era catafóra, mas se analisarmos de um ponto de vista mais especifico no que compreende o pronome possessivo em destaque, no caso, "suas" remete ao cantor que já havia sido dito anteriormente. Pode ser anafórica. O que acham?

Date: 02/06/2018
a) Em "por ele ter criado novas formas de expressão poética" (1º parágrafo), o pronome pessoal destacado possibilita a coesão por elipse, uma vez que o nome do cantor é omitido, isto é, fica elíptico. O pronome pessoal é o sujeito da oração, nada tem a ver com omissão do nome do cantor.

b) No trecho "Uma de suas principais canções" (3º parágrafo), o pronome possessivo em destaque promove a coesão referencial, pois faz uma menção anafórica a um elemento citado anteriormente no texto. correto, o elemento citado anteriormente: cantor, segundo melhor artista.

c) No trecho "anunciou hoje (13) a Academia Sueca" (1º parágrafo), a utilização do advérbio promove a coesão circunstancial, uma vez que situa o interlocutor no tempo em que se deu o fato relatado. Pode ser em qualquer dia o "hoje", não situa no tempo do fato, situa no momento da leitura.

d) Em "aos 10 anos Dylan escreveu seus primeiros poemas" (2º parágrafo), a coesão foi estabelecida pelo pronome por causa da ênfase que se quis dar à determinada informação, priorizando a posse que ele tinha dos poemas, em vez de sua idade. A ênfase é dada na idade.

e) No trecho "quando foi para a Universidade de Minnesota em 1959, voltou-se para folk music" (2º parágrafo), a coesão por substituição é possibilitada pela partícula destacada, um pronome pessoal do caso oblíquo. "Se" é parte integrante do verbo: voltar-se = tender.


Esse foi meu entendimento, se alguém puder complementar/corrigir, agradeço...


Date: 02/06/2018

Achei brilhante a resposta da Priscilla e concordo totalmente com ela no destaque da letra B, que também errei, pois a relação anafórica é com cantor.

Havia marcado C mas como ela disse e é muito abordado pela FGV "não situa no tempo do fato, situa no momento da leitura".

obrigado...

Date: 02/06/2018

a) Em "por ele ter criado novas formas de expressão poética" (1º parágrafo), o pronome pessoal destacado possibilita a coesão por elipse, uma vez que o nome do cantor é omitido, isto é, fica elíptico. O pronome pessoal destacado possibilita a coesão por referência, evitando repetições indesejadas.

b) No trecho "Uma de suas principais canções" (3º parágrafo), o pronome possessivo em destaque promove a coesão referencial, pois faz uma menção anafórica a um elemento citado anteriormente no texto. correto, o elemento citado anteriormente: cantor, segundo melhor artista. CORRETO: coesão por referência, evitando a repetição e anafórica, pois se refere a um elemento citado anteriormente (Bob Dylan, cantor)

c) No trecho "anunciou hoje (13) a Academia Sueca" (1º parágrafo), a utilização do advérbio promove a coesão circunstancial, uma vez que situa o interlocutor no tempo em que se deu o fato relatado. A coesão é circunstancial, porém não situa no tempo, em que se deu o fato como afirma a questão

d) Em "aos 10 anos Dylan escreveu seus primeiros poemas" (2º parágrafo), a coesão foi estabelecida pelo pronome por causa da ênfase que se quis dar à determinada informação, priorizando a posse que ele tinha dos poemas, em vez de sua idade. A ênfase não é dada a posse dos poemas, mas sim a idade com que ele escreveu..

e) No trecho "quando foi para a Universidade de Minnesota em 1959, voltou-se para folk music" (2º parágrafo), a coesão por substituição é possibilitada pela partícula destacada, um pronome pessoal do caso oblíquo. Neste caso, voltou-se é um verbo pronominal, não se tratando portanto de coesão por substtuição, pois não retoma elemento já citado..

Date: 02/06/2018

Eu havia marcado a opção "A", mas a Priscilla nos deu uma aula na correção e a Simone foi pontual na minha opção marcada: existe uma coesão por referência e não por elipse, minha pergunta é, se a questão estivesse afirmando ser uma coesão por referência, pois faz uma menção anafórica, estaria certa?

Date: 02/06/2018

Felipe, de fato, se a alternativa dissesse "anafórica" estaria certa.

Eu errei a questão por pura falta de atenção (preguiça de raciocínio). A Priscila foi realmente brilhante na correção. Letra B a correta.

Se eu me desse ao trabalho de subtituir "suas" por "dele", talvez ficasse mais visível o fato de que o pronome se refere ao "cantor" e não a "uma das principais canções". --> "Uma das principais canções dele, Like a rolling stones". Dele, o cantor.

Date: 02/06/2018

na questão o autor se refere ao cantor e nao a musica por isso eh anaforica

Date: 02/06/2018

Olá amigos concurseiros fiquei com dúvida nesse questão. O elemento da legenda conta na interpretação de um texto? Porque se contar, não consigo concordar com os colegas de porque a letra c estaria errada uma vez que a informação, na legenda, que o hoje foi publicado no dia 13 de outubro de 2016 e portanto o advérbio promoveria sim uma coesão circunstancial juntada com todos os elementos do texto. Grato se alguém puder tirar essa minha dúvida.

Date: 02/06/2018

Banca CVEST é isso? Nossa gente, que erro grotesco heim? A menção citada na alternativa B é catafórica, não tem nem o que se discutir. Alguém sabe qual foi a justificativa da banca e o porquê a questão não foi anulada?

Date: 02/06/2018

Questão anulada! :P

Date: 02/06/2018

AFINAL FOI ANULADA?

E os comentários da priscilla e tantos outros que concordaram?

Estavam certos ou não?

Tantas pessoas elogiando e concordando, por favor ! explique o correto.

Date: 02/06/2018

NÃO CONSEGUIR ENCONTRAR NADA SOBRE ANULAÇÃO DA QUESTÃO????

Date: 02/06/2018

Caros colegas, entendi da seguinte forma: O pronome possessivo concorda com o termo que vem a sua frente, no entanto retoma o termo anterior, no caso em tela, o pronome SUAS concorda com principais canções, porém retoma o próprio autor (Bob Dylan). O nome da música (like a roling stones) aparece entre vírgulas, pois se trata de aposto explicativo podendo até mesmo ser retirado da frase.

Date: 02/06/2018

Demorei para aceitar essa resposta, mas faz sentido o nome da música ser um aposto e a referência de fato dos 'suas' é o 'cantor' e 'artista'.

Questão trabalhosa!

Date: 02/06/2018

Cara, quando ele fala: uma de suas principais canções, ele ta se referindo a MUSICA que mais se destacou. Então isso é cataforico

Date: 02/06/2018

Entendi a frase da seguinte maneira: Uma de suas principais canções = Uma das principais canções de Bob Dylan, Like a Rolling Stones.

Retomando, desta forma, um elemento citado anteriormente em relação de anáfora

Date: 02/06/2018

Pelas estatísticas essa questão tirara muita gente da prova, apesar de quase ninguém ser obrigado a concordar se a banca deu como certa o jeito é aceitar, mas para quem fez a prova no dia e quis recorrer aí é outra história. Bons Estudos.

João, secretário executivo de uma empresa de grande porte, recebeu uma solicitação de planejamento e organização de uma viagem internacional para um executivo. Acerca dos detalhes que deverão ser observados, é INCORRETO afirmar que

Os documentos apresentam duas espécies de valores inerentes: o primário e o secundário. O valor primário é aquele estabelecido em função do grau de importância que o documento tem para a entidade que o acumulou. Quanto aos diferentes tipos de valor primário, analise as seguintes afirmativas.
I. Valor Jurídico ou Legal é aquele atribuído a documentos que envolvem direitos a curto ou a longo prazo, do Governo ou dos cidadãos, e que produzem efeito perante os tribunais.
II. Valor Histórico Probatório é aquele atribuído a documentos que retratam a origem, a organização, a reforma e a história de uma administração;
III. Valor Fiscal é aquele atribuído a documentos que se referem a operações financeiras e à comprovação de receitas e despesas geradas para atender às exigências governamentais.
IV. Valor Histórico é aquele atribuído a documento que tem fim diferente daquele para o qual foi originalmente criado.
V. Valor Fiscal Administrativo é aquele que possue os documentos relativos a operações financeiras de curto prazo.
Está(ão) CORRETA(S ), apenas,

Na redação oficial, há três tipos de expedientes que se diferenciam mais pela finalidade que

pela forma: o ofício, o aviso e o memorando. Quanto a estes três expedientes, assinale a

alternativa CORRETA.

Date: 02/06/2018

Aviso e ofício - são modalidades de comunicação

oficial praticamente idênticas. A única diferença entre

eles é que o aviso é expedido exclusivamente por

Ministros de Estado, para autoridades de mesma

hierarquia, ao passo que o ofício é expedido para e

pelas demais autoridades. Ambos têm como finalidade

o tratamento de assuntos oficiais pelos órgãos da

Administração Pública entre si e, no caso do ofício,

também com particulares.

Memorando - Trata-se de uma forma de comunicação

eminentemente interna.

Pode ter caráter meramente administrativo, ou

ser empregado para a exposição de projetos, ideias,

diretrizes, etc. a serem adotados por determinado

setor do serviço público.

Sua característica principal é a agilidade. A

tramitação do memorando em qualquer órgão deve

pautar-se pela rapidez e pela simplicidade de

procedimentos burocráticos.

Date: 02/06/2018

Resposta: a


O aviso só é expedido por ministro de estado para outras autoridades de mesma hierarquia.

Date: 02/06/2018

O memorando é a modalidade de comunicação entre unidades administrativas de um mesmo órgão, que podem estar hierarquicamente em mesmo nível ou em nível diferente. Trata-se, portanto, de uma forma de comunicação eminentemente interna.

Aviso e ofício são modalidades de comunicação oficial praticamente idênticas. A única diferença entre eles é que o aviso é expedido exclusivamente por Ministros de Estado, para autoridades de mesma hierarquia, ao passo que o ofício é expedido para e pelas demais autoridades. Ambos têm como finalidade o tratamento de assuntos oficiais pelos órgãos da Administração Pública entre si e, no caso do ofício, também com particulares.

Gabarito letra "A"

Date: 02/06/2018

Aprendi assim: "QUEM AVISA MINISTRO É".

2017_01_16_587cda581b98c.PNG

The term despite in “It was found that the company considers reverse logistics a strategic issue

and that, despite the existence of few performance indicators related to this topic, waste

generation was reduced from 10% to 7% on the production volume, indicating that materials

were being reused" indicates a(n )

Date: 02/06/2018

"Despite" significa "embora", "mesmo que", o que representaria o contraste entre a frase anterior e a seguinte.

Date: 02/06/2018

despite the existence of few performance indicators related to this topic, waste generation was reduced from 10% to 7% on the production volume, indicating that materials were being reused"

A sentença acima evidencia claro contraste ao dizer que apesar de (despite) existir poucos indicadores referente a logística reversa, a geração de resíduos (waste generation) sólidos vem reduzindo.

Date: 02/06/2018

Na minha opinião, não há resposta correta.

'Despite' significa 'apesar de', como a colega bem colocou.

Mas 'despite' é uma conjunção concessiva, e não adversativa. Adversativas são but, however etc.

Rosa, secretária executiva em uma grande indústria farmacêutica, ficou encarregada de organizar um evento no qual uma temática específica será apresentada por um renomado especialista, no principal auditório da empresa, a um grupo de convidados. Não serão permitidas interrupções, mas, ao final da apresentação, haverá um momento para esclarecimentos de dúvidas. O evento será presidido pelo diretor da área de inovação. Considerando os diversos tipos de eventos, é CORRETO afirmar que Rosa está organizando

Date: 02/06/2018

Trabalhe enquanto eles dormem. Estude enquanto eles se divertem. Economize enquanto eles esbanjam. Então, viva a vida que eles sempre sonharam.

A análise dos problemas das comunicações gerenciais revela que a solução passa pela consideração de atitudes, níveis, fluxos, mensagens, canais, receptores e desafios do corpo gerencial. No que diz respeito aos fluxos das comunicações empresariais, analise as seguintes afirmativas.
I. Considerando o fluxo de comunicação descendente (de cima para baixo), as comunicações gerenciais são formais e, muitas vezes, excessivas, o que causa um congestionamento dos canais.
II. Comunicações descendentes entre diretores e níveis gerenciais tendem a apresentar uma menor eficácia que comunicações entre gerentes e chefias subordinadas.
III. Na empresa, o fluxo de comunicação não pode ser propriedade de alguns. A informação deve, sempre, ser precisa, transparente e circular com liberdade.
IV. Em geral, a comunicação entre a base e os níveis intermediários (gerência) tende a apresentar maior rapidez do que entre os gerentes e diretores.
V. A comunicação ascendente (de baixo para cima) tende a ser mais formal, tendo como objetivo controlar e estabelecer um fluxo que vai da base para o topo da hierarquia da empresa.
Está(ão) CORRETA(S ) apenas

Date: 02/06/2018

Esse item III está errado: a informação deve, sempre, ser precisa, transparente e circular com liberdade. Existem informações de natureza sigilosa que não circulam com liberdade e com transparência (esse sempre deixa o item errado).

O item V também apresenta erro: comunicação ascendente tendo objetivo de controlar e estabelecer um fluxo que vai da base para o topo... Isso viola o princípio da hierarquia. O controle deve ser de cima para baixo e não de baixo para cima.

A alternativa correta seria a C

Date: 02/06/2018

.

2017_01_13_587902f963ce0.PNG

O TEXTO 03 é uma peça publicitária que estabelece um interessante diálogo com a obra modernista Abaporu, de Tarcila do Amaral. A principal estratégia argumentativa do texto é

Date: 02/06/2018

Gabarito: D

Por Ana Lucia Santana

A intertextualidade pode ser compreendida como a produção de um discurso com base em outro texto previamente estruturado. Em cada caso este conceito assumirá papeis distintos, em decorrência dos enunciados e das circunstâncias nos quais ele será embutido.

Este elemento está vinculado certamente ao domínio de um saber geral sobre o mundo, o qual deve ser dividido, melhor dizendo, precisa estar presente tanto na experiência de vida do criador da mensagem quanto de seu decodificador. É possível haver ou não uma interação entre várias esferas do conhecimento, não necessariamente se limitando à obra literária.

Há pelo menos sete tipos de intertextualidade:

Epígrafe: consiste em um texto inicial, que tem como objetivo abrir uma narrativa. É, portanto, um registro escrito introdutório utilizado como diretriz do discurso central por ser capaz de sintetizar de maneira modelar a filosofia do escritor.

A palavra 'epígrafe' tem origem no idioma grego e pode ser traduzida aproximadamente como 'escrita na posição superior'. Essa modalidade de intertextualidade é utilizada quando um escritor se vale da passagem de uma obra prévia para dar início ao seu próprio enredo.

Citação: é a referência a uma passagem do discurso de outra pessoa no meio de um texto, entre aspas e normalmente acompanhada da identidade de seu criador.

Paráfrase: ocorre quando o escritor reinventa, com instrumentos apropriados, um texto pré-existente, resgatando para o leitor sua filosofia originária. O termo provém do grego "para-phrasis", que tem o sentido de reproduzir uma frase. Essa espécie de interação intertextual equivale a repetir um conteúdo ou um fragmento dele claramente, porém em outros termos, preservando sempre a concepção inicial.

Paródia: quando o autor se apodera de um discurso e, ao invés de avalizar o exemplar resgatado, opõe-se a ele de forma discreta ou explicitamente. Várias vezes ele desvirtua o discurso prévio, seja por desejar criticá-lo ou por querer tecer uma ironia.

Pastiche: há uma união de diversos conteúdos e o resultado é uma colcha de retalhos. Não é difícil de compreender: este recurso ocorre quando se realiza a combinação de um determinado texto com um ou mais discursos.

Tradução: esta intertextualidade é o ajustamento de um texto composto em outro idioma à língua falada no país onde a obra é traduzida. Por exemplo, quando um livro em francês é traduzido para o vernáculo espanhol.

Referência e Alusão: aqui o escritor não indica abertamente o evento em foco; ele simplesmente o insinua por meio de qualidades menos importantes ou alegóricas.

Fontes:
http://soumaisenem.com.br/portugues/generos-textuais/os-tipos-de-intertextualidade-parte-1
http://pt.wikipedia.org/wiki/Intertextualidade


Date: 01/06/2020

Cv6e

2017_01_13_58790308100ae.PNG

A leitura do TEXTO 05 nos permite constatar que

A ata é um documento que registra, resumidamente, mas, com clareza, as ocorrências de uma reunião de pessoas para determinado fim. Quanto às normas que devem ser observadas para sua lavratura, assinale a alternativa CORRETA.

Date: 02/06/2018

Algumas considerações sobre a ata de reunião:

  • Após a aprovação da ata, não podem ser inseridas modificações.
  • Deve ser feita sem a colocação de parágrafos, sem espaçamentos entre as linhas e utilizando margem justificada, pois assim evita-se que sejam feitas inclusões após a sua assinatura.
  • Números serão colocados por extenso para evitar que sejam adulterados.
  • A ata pode ser feita de forma manuscrita ou digitada/datilografada.
  • Quando a faz de forma manuscrita, quando houver um erro da hora da escrita, emprega-se a palavra "digo". Ex.: [...]na sala dez, digo, na sala doze[...]
  • Quando o erro for verificado após a escrita da data, escreve-se "em tempo" no final (mas antes das assinaturas), colocando a linha onde está o erro e qual o erro e consertando-o. Ex.: Em tempo: na linha x, onde se lê "y", leia-se "z"
  • Cabe ao secretário da reunião a elaboração da data.