O Questões Grátis disponibiliza mais de 600 MIL questões, de forma GRATUITA e SEM LIMITAÇÕES.

Instale o App Questões Grátis e estude melhor! No App você pode salvar os filtros, gerar estatísticas, e muito mais. Os botões para baixar o App se encontram no topo do site.

Logo abaixo você encontra milhares de questões. Para refinar sua busca, aplique os filtros desejados (buscar por disciplina, banca, cargo, ano...). Caso deseje excluir os filtros, clique em “Limpar Filtro”.

Para estudar, aplique os FILTROS abaixo:

A Nomenclatura Gramatical Brasileira divide as palavras da língua portuguesa em 10 (dez) classes gramaticais, são elas: substantivo, adjetivo, verbo, pronome, numeral, artigo, advérbio, preposição, conjunção e interjeição. Com base nisso, assinale a alternativa que não apresenta um exemplo de interjeição.

Date: 03/06/2018
Interjeição Interjeição é a palavra invariável que exprime emoções, sensações, estados de espírito, ou que procura agir sobre o interlocutor, levando-o a adotar certo comportamento sem que, para isso, seja necessário fazer uso de estruturas linguísticas mais elaboradas. Observe o exemplo: Droga! Preste atenção quando eu estou falando! No exemplo acima, o interlocutor está muito bravo. Toda sua raiva se traduz numa palavra: Droga! Ele poderia ter dito: - Estou com muita raiva de você! Mas usou simplesmente uma palavra. Ele empregou a interjeição Droga! Fonte: Site Só Português
Date: 03/06/2018

Interjeição é a palavra invariável que exprime emoções, sensações, estados de espírito, ou que procura agir sobre o interlocutor, levando-o a adotar certo comportamento sem que, para isso, seja necessário fazer uso de estruturas linguísticas mais elaboradas. Observe o exemplo:

Droga! Preste atenção quando eu estou falando!

No exemplo acima, o interlocutor está muito bravo. Toda sua raiva se traduz numa palavra: Droga!

Ele poderia ter dito: - Estou com muita raiva de você! Mas usou simplesmente uma palavra. Ele empregou a interjeição Droga!

Date: 03/06/2018

A interjeição é facilmente identificada porque é uma palavra seguida de ponto de exclamação (!). E, ainda que isso não acorra, a entonação sempre indicará um sentimento expresso por ela.

Meu Deus! é um anjo aquela menina!
Ih... Elas não vão sequer te cumprimentar

Date: 03/06/2018

Nas palavras de Celso Cunha

"Interjeição é uma espécie de grito com que traduzimos de modo vivo nossas emoções".

Como exemplo: bravo! coragem! puxa! oxalá!

Leia com atenção:

I- Viagem é substantivo;

II- Viajem é forma do verbo viajar.

Sobre os itens acima:

Date: 03/06/2018

I- Viagem é substantivo;

II- Viajem é forma do verbo viajar.

Resposta letra "B". Não há o que comentar!

Date: 24/04/2019

Toda vez que viagem for um substantivo e indicar o ato de viajar, deverá ser escrito com “g”.
Quando for a flexão do verbo viajar na terceira pessoa do plural do presente do subjuntivo, virá com “j”:
que eles viajem o mais breve possível, pois o trânsito já está começando a ficar ruim.

Leia com atenção:

I- Viagem é substantivo;

II- Viajem é forma do verbo viajar.

Sobre os itens acima:

Date: 03/06/2018

O gabarito está errado! Viagem é substantivo, o item I tb está correto!

Date: 03/06/2018

Concordo plenamente.

Date: 03/06/2018

Questão está incompleta.

Date: 24/08/2018

QUESTÃO ERRADA

Date: 25/06/2019

Gabarito inválido

Date: 10/01/2021

Está incorreto.

Quanto à classificação das palavras sublinhadas, numerar a 2ª coluna de acordo com a 1ª e, após, assinalar a alternativa que apresenta a sequência CORRETA: (1) Adjetivo.
(2) Advérbio.
(3) Substantivo.
(---) “... a decoração de apenas um dos...”
(---) “O desmatamento decorrente da ocupação...”
(---) “... dominado por uma família diferente...”

Date: 03/06/2018

Advérbio de exclusão: APENAS, exclusivamente, salvo, senão, somente, simplesmente, só, unicamente.

Adjetivo é a palavra que expressa uma qualidade ou característica do ser e se "encaixa" diretamente ao lado de um substantivo.

desmatamento decorrente (qualidade ou característica do substantivo "desmatamento")

família diferente (qualidade ou característica do substantivo "família")

Date: 03/06/2018

Não gostei dessa questão, o gabarito não me parece correto. Como que no contexto a palavra decorrente pode ser um adjetivo?

Date: 03/06/2018

Eu também pensei que DECORRENTE era um adverbio de desmatamento.

Date: 03/06/2018

Eu acertei pois fui por eliminatória. Exemplo: DECORRENTE não pode ser adverbio, pois adverbio jamais modifica quanto ao número. Basta colocar a frase no plural e perceber se a palavra muda quanto ao número.

O advérbio não flexiona quanto ao número.

O adjetivo flexiona quanto ao número.

O substantivo recebe artigo.

Date: 03/06/2018

NA MINHA OPINIÃO A QUESTÃO DEVERIA SER ANULADA,POIS APRESENTA DUAS COLUNAS QUE DEVEM SER CORRELACIONADAS ATRAVÉS DOS TERMOS EXIBIDOS (SEMANTICAMENTE O ENUNCIADO TRAZ ESSA IDEIA),MAS NA VERDADE UMA DAS CLASSES GRAMATICAIS NÃO ''ENTRA'' NA QUESTÃO TENDO DUAS FRASES APRESENTANDO ''ADJETIVOS'' E FICANDO DE FORA A CLASSE DOS SUBSTANTIVOS. UMA TÍPICA ''PEGADINHA'' AO MEU VER.

Date: 03/06/2018

decorrente

adjetivo de dois gêneros
  1. 1.que decorre.
  • 2.morf.bot cujo limbo se prolonga pelo ramo (diz-se de folha); desinente.
  • Date: 03/06/2018

    Decorrente está subordinado ao substantivo "o desmatamento", e advérbios nunca se subordinam ao substantivo.

    Date: 03/06/2018

    "Decorrente" refere-se a "desmatamento" (o desmatamento = substantivo), portanto é adjetivo.

    "Diferente" refere-se a "família" (a família = substantivo), portanto é adjetivo também.

    "Apenas" tem o mesmo valor semântico de "Excepcionalmente", que tem mais cara de advérbio :)

    Date: 03/06/2018

    Meus queridos adjetivo não exprime apenas qualidade, mas também pode exprimir origem.


    Família bonita ADJ

    Família portuguesa ADJ

    Ou seja Família decorrente é também um ADJ

    Date: 25/08/2020

    Questão mal elaborada! Esta pedindo para relacionar a 2 coluna de acordo com a 1.

    Vítimas de estupro sentem vergonha, culpa e medo. De reconhecer seu algoz — na maioria das vezes ele é um conhecido, do tratamento que vão receber e dos constrangimentos pelos quais passarão. Especialistas acreditam que apenas 10% das vítimas vençam tudo isso e denunciem à polícia. Em 2014, foram registrados 48 mil casos de estupro no país, 6,7% menos que no ano anterior, de acordo com o Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

    (ÉPOCA, NS 937 - H. Corrêa, T. Lazzeri, S. Garcia)

    Algoz é um substantivo sobrecomum, pois não apresenta diferenças sintáticas ou morfológicas para designar masculino ou feminino. Assinale a alternativa que apresenta unicamente substantivos sobrecomuns.

    Date: 03/06/2018

    Lista de substantivos sobrecomuns

    • o algoz
    • o anjo
    • o apóstolo
    • o carrasco
    • o cônjuge
    • a criança
    • a criatura
    • o defunto
    • o ente
    • o gênio
    • o ídolo
    • o indivíduo
    • o membro
    • o monstro
    • o neném
    • a pessoa
    • o ser
    • a testemunha
    • o verdugo
    • a vítima

    Exemplos:
    Meu filho é um anjo!
    Minha filha é um anjo!

    Aquele aluno é um gênio.
    Aquela aluna é um gênio.


    Para haver distinção de gênero, podem ser dadas indicações de pertencerem ao sexo masculino ou ao sexo feminino.

    Exemplos:

    • A vítima foi uma criança do sexo masculino.
    • O cônjuge do sexo feminino deu início ao processo de divórcio.
    Date: 03/06/2018

    Para responder essa questão com mais facilidade, bastaria saber o conceito de substantivos "Comuns de dois Gêneros" . São substantivos de uso comum para masculino e feminino, que distinguem-se pelo determinante. Ex: o pianista / a pianista.

    Depois disso, é só fazer por eliminação:

    a) a testemunha, o monstro, a criatura

    CORRETO, todos são sobrecomuns

    b) o indivíduo, a intérprete, o jurista

    o/a intérprete ; o/a jurista

    c) a doente, o artista, a vítima

    o/a doente; o/a artista

    d) o ente, a colega, o gênio

    o/a colega


    Espero ter ajudado, fiquem com Deus e bons estudos!

    Date: 03/06/2018
    • a) a testemunha, o monstro, a criatura - CERTO
    • b) o indivíduo, a/o intérprete, a/o jurista
    • c) o/a doente, a/o artista, a vítima
    • d) o ente, o/a colega, o gênio
    Date: 03/06/2018

    Dica:

    1- Substantivo comum de dois: muda o determinante, a exemplo do artigo: O artista/ A artista

    2- Substantivo sobrecomum: Não muda nada: a vítima, a testemunha.

    Date: 03/06/2018

    Substantivos Sobrecomuns são substantivos que não apresentam marcas para diferenciar o gênero. A distinção é feita somente dentro do contexto.

    Ex: a criança, a vítima, a testemunha, o cônjuge.

    O Cônjuge Maria benedita requereu pensão alimentícia para o filho.
    Jefferson é apenas uma criança / Maria é apenas uma criança.

    A vítima foi ela / A vitima foi ele.

    Date: 03/06/2018

    ótimos comentários.

    Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor. Gálatas 5:13

    Date: 03/06/2018

    Um substantivo sobrecomum é aquele que não há necessidade de alteração de artigos ou acompanhamentos por gênero já que uma única "versão" representa os dois gêneros. A testemunha pode ser um indivíduo masculino ou feminino, o monstro pode ser dos dois gêneros, e a criatura também, portanto, alternativa A).

    Date: 03/06/2018

    Achava que existia "a monstra"... monstrinha

    Date: 03/06/2018

    Resposta: A


    Sobrecomum: A identificação do sexo correspondente se dará através do contexto.

    Date: 03/06/2018
    substantivos sobrecomuns, são: os que tem a mesma forma tanto para o masculino quanto para o feminino.
    Date: 03/06/2018

    substantivos sobrecomuns não apresentam distinção de gênero: o monstro.....

    Comum de dois generos varia o artigo: o/a doente.

    Date: 03/06/2018

    gabarito letra A.

    2017_06_13_59403e16482e5.PNG

    O emprego da preposição ‘de’ em “da incapacidade” (linha 7) deve-se à regência do termo substantivo “falta” (linha 6).

    Date: 03/06/2018

    Errado

    A regência, nesse caso, é por exigência do termo diante.

    Quem está diante, está diante de alguma coisa.

    Date: 03/06/2018

    A regência, nesse caso, não se deve ao termo "falta" mas "incapacidade dos goversno"

    Date: 03/06/2018

    Preposições Essenciais: a, ante, até, após, com, contra, de, desde, em, entre, para, per, perante, por, sem, sob, sobre, trás.

    Locução Prepositiva (duas ou mais palavras com valor de preposição): a fim de, além de, à beira de, devido a, apesar de, à custa de, através de, acerca de, de encontro a, ao encontro de, em vez de...

    Valores semânticos das preposições: causa, conformidade, concessão, instrumento, matéria, meio, companhia, limite, modo, finalidade, lugar, assunto, ausência, condição, tempo etc.

    Date: 03/06/2018

    Segundo Marcelo Rosenthal (Gramática para concursos) paralelismo sintático é a ligação de 2 ou mais termos com a mesma função sintática:

    diante ---> da falta de perspectiva

    diante --> da incapacidade

    Preposição de (+ artigo a) não está ligada ao termo falta e sim ao termo "incapacidade". Gabarito ERRADO



    Date: 03/06/2018

    ótimos comentários.

    Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor. Gálatas 5:13

    Date: 03/06/2018

    diante DE. VTI


    Date: 03/06/2018

    Estou com uma dúvida nesta Questão

    ENUNCIADO - "O emprego da preposição 'de' em "da incapacidade" (linha 7) deve-se à regência do termo substantivo "falta" (linha 6)."

    TEXTO - "Em todas as sociedades, as pessoas se tornam angustiadas, frustadas e revoltadas diante da falta de perspectivas e da incapacidade dos governos de atender às suas perspectivas de bem-estar."

    DÚVIDA - Penso que a PREPOSIÇÃO "DA" é devido a regência do termo "FALTA", porque é devido a falta de duas coisas coisas que a sociedade, as pessoas se tornam angustiadas, frustadas e revoltadas. Cada palavra possui uma preposição diferente: uma é o "DE" devida a falta "DE Perspectiva" e a outra é o devido a "Falta DA Incapacidade".

    Falta de "Perspectiva"

    Falta da "Incapacidade"

    Logo a questão estaria CORRETA.

    Caso alguém possa me explicar melhor, ficarei grato.

    Date: 03/06/2018

    Marcos, essa questão é um tanto capciosa.

    Ocorre que há um paralelismo sintático em o termo regente e o termo regido.

    Diante da falta de perspectiva e da iniciativa...

    É como se o período fosse escrito da seguinte forma:

    Diante da falta de perspectiva e diante da falta de iniciativa...


    Caso a concordância fosse com o termo falta, o período deveria ser escrito da seguinte forma: Diante da falta de perspectiva e de iniciativa... É esse o meu entendimento. Bons estudos!!
    Date: 03/06/2018

    Na questão o examinador está se referindo a preposição DE da palavra incapacidade e não a falta, por este motivo o emprego da preposição não deve-se a palavra falta e sim a palavra incapacidade. Ele justifica dizendo que é por causa da palavra falta e não é!

    Há uma contração: de (preposição) + a (artigo)= da

    Entendi isso, caso contrário me corrijam!

    Date: 03/06/2018

    Diante "de".

    Date: 03/06/2018

    diante:

    da falta de perspectivas

    da incapacidade

    2017_08_21_599b0ed593e34.png

    Em qual alternativa o termo destacado tem a função de qualificar outra palavra?

    Date: 03/06/2018

    Letra C. A questão pede qualificação que é o adjetivo nesse contexto.

    a. você= pronome pessoal (equivale ao tu)

    b. Rosinha =equivale ao vocativo

    c. rosa aberta= aberta equivale ao adjetivo que o enunciado pede

    d. até= preposição (limite) e advérbio (inclusão)

    e. com= preposição (companhia e modo)

    Fonte: Caldas Aulete e Profº João Bolognese

    Date: 03/06/2018

    c) Mas por que você não dá logo uma rosa aberta?
    Aberta caracteriza/qualifica a rosa, ou seja, assume a função de adjetivo.

    Date: 03/06/2018

    Adjetivo é toda palavra que caracteriza o substantivo, indicando-lhe qualidade, defeito, estado, condição, etc. Ex.: homem bom (qualidade), menino traquina(defeito), moça feliz (estado), família rica(condição).

    O adjetivo pode aparecer antes ou depois do substantivo. Ex.: linda moça ou moça linda.

    Flexões dos adjetivos

    Um adjetivo apresenta três formas de flexão: gênero (masculino e feminino), número (singular e plural) e grau (comparativo e superlativo).

    O grau do adjetivo expressa a intensidade com que o adjetivo caracteriza o substantivo. O grau comparativo pode ser de superioridade (mais alta que), de igualdade (tão alta quanto) e inferioridade (menos alta que).

    O grau superlativo indica que uma característica é atribuída em máxima intensidade ao substantivo. O grau superlativo pode ser absoluto e relativo. O absoluto pode ser sintético (A árvore era altíssima), e analítico (A árvore era muito alta). O grau relativo pode ser de superioridade (Essa árvore é a mais alta da praça) e de inferioridade (Essa árvore é a menos verde da praça).

    https://www.significados.com.br/adjetivo/


    Date: 05/06/2020

    É a letra {c} porquê o nome da menina que o Chico gosta é rosinha e a flor é uma rosa

    Date: 05/06/2020

    Seus bando de gente legal

    A NGB (Nomenclatura Gramatical Brasileira) divide as palavras da língua portuguesa em dez classes, chamadas de classes gramaticais: substantivo, adjetivo, verbo, pronome, numeral, artigo, advérbio, preposição, conjunção e interjeição. Aponte abaixo a resposta CORRETA que apresenta um exemplo de interjeição.

    Date: 02/06/2018

    Letra C

    Interjeição é a palavra invariável que exprime emoções, sensações, estados de espírito, ou que procura agir sobre o interlocutor, levando-o a adotar certo comportamento sem que, para isso, seja necessário fazer uso de estruturas linguísticas mais elaboradas. Observe o exemplo:

    Droga! Preste atenção quando eu estou falando!

    fonte: soportugues.com.br

    Date: 02/06/2018

    Sério,nos concurso que faço não cai questões assim rs

    Date: 02/06/2018

    Gabarito "C".

    INTERJEIÇÕES → São palavras que expressam sentimentos surpresas.

    Exemplo: Oh! Meu Deus! Nossa! Uh! Ai! Oba! Epa! Xi! Macacos me mordam!

    Date: 02/06/2018

    São palavras utilizadas para expressar sentimentos como raiva, espanto, amor, dúvida. Em outras palavras, representam a verbalização de nossas emoções. Dica: são sempre seguidas de ponto de exclamação.

    Ex: ei! ah! alô! xô!

    2017_06_09_593afb5dcc1f4.bmp

    Julgue o item acerca dos sentidos e aspectos linguísticos do texto.

    O emprego da preposição 'de' em “da incapacidade" (linha 7) deve-se à regência do termo substantivo “falta" (linha 6).

    Date: 03/06/2018

    Preposições Essenciais: a, ante, até, após, com, contra, de, desde, em, entre, para, per, perante, por, sem, sob, sobre, trás.

    Locução Prepositiva (duas ou mais palavras com valor de preposição): a fim de, além de, à beira de, devido a, apesar de, à custa de, através de, acerca de, de encontro a, ao encontro de, em vez de...

    Valores semânticos das preposições: causa, conformidade, concessão, instrumento, matéria, meio, companhia, limite, modo, finalidade, lugar, assunto, ausência, condição, tempo etc.

    Date: 03/06/2018

    O emprego da preposição 'de' em "da incapacidade" (linha 7) deve-se à regência do termo "DIANTE" (linha 6).

    Date: 03/06/2018

    diante de

    Date: 03/06/2018

    diante:

    da falta de perspectivas

    da incapacidade

    Date: 03/06/2018

    essa questão é um tanto capciosa.

    Ocorre que há um paralelismo sintático em o termo regente e o termo regido.

    Diante da falta de perspectiva e da iniciativa...

    É como se o período fosse escrito da seguinte forma:

    Diante da falta de perspectiva e diante da falta de iniciativa...

    Caso a concordância fosse com o termo falta, o período deveria ser escrito da seguinte forma: Diante da falta de perspectiva e de iniciativa... É esse o meu entendimento. Bons estudos!!

    2016_08_22_57bb18d7c3e78.PNG

    Dentre as sentenças a seguir, a palavra grifada classifica-se, morfologicamente, como um advérbio em:

    Date: 02/06/2018

    d.

    Advérbio: trás circunstancia á ação do Verbo!

    Date: 02/06/2018

    visão: substantivo concreto.

    pequena: adjetivo.

    ainda: adverbio.

    Date: 02/06/2018


    Date: 02/06/2018

    Desprendimento e Refugo: substantivos

    Outros: pronome indefinido

    Socioambiental: adjetivo

    Ainda: advérbio de tempo (ideia de "por enquanto, neste momento").

    Date: 02/06/2018

    Ainda, adverbio da categoria "INCLUSÃO"

    Alguns exemplos dessa categoria:

    Também, além, inclusive, dentre outros ...

    Date: 02/06/2018

    Ainda, adverbio da categoria "INCLUSÃO"

    Alguns exemplos dessa categoria:

    Também, além, inclusive, dentre outros ...

    Date: 02/06/2018

    Ainda, adverbio da categoria "INCLUSÃO"

    Alguns exemplos dessa categoria:

    Também, além, inclusive, dentre outros ...

    Date: 02/06/2018

    Se está modificando um substantivo não é advérbio.

    Advérbio modifica verbo, adjetivo ou outro advérbio.

    Date: 02/06/2018

    "Ainda" é adverbio de tempo ou inclusao?

    Date: 02/06/2018

    creio que o 'ainda'(advérbio0 esteja dando situação ao 'pequena' (adletivo)

    Date: 02/06/2018

    nessa situação o adverbio está modificando o adjetivo.

    Date: 02/06/2018

    O adverbio exprime uma circunstância sobre:

    verbo

    adjetivo

    advérbio

    Ainda= adverbio que exprime circunstância temporal

    Date: 02/06/2018


    Date: 02/06/2018
    No aplicativo não aparece a palavra grifada.
    Date: 02/06/2018

    ADVÉRBIO DE INCLUSÃO: AINDA, ATÉ, MESMO, INCLUSIVE, TAMBÉM, ALÉM, MESMO etc.

    NÃO É SÓ PORQUE O AINDA É UM ADVÉRBIO DE INCLUSÃO QUE ELE NÃO POSSA SER UM ADVÉRBIO TEMPORAL, PARTIMOS DO PRINCÍPIO DA POLISSEMIA.

    Date: 02/06/2018

    A) Do desprendimento/ Dos desprendimentos

    B) Em outro / Em outros

    C) O Refugo/ os Refugos

    D) visão AINDA. ( AINDA) palavra invariável . ADVÉRBIO DE TEMPO .

    E) O desenvolvimento Socioambiental/ Os desenvolvimentos Socioambientais



    Date: 02/06/2018

    Não estudem com sono. Li "adjetivo" no enunciado e acabei errando. A concorrência agradece. hahaha

    Date: 02/06/2018

    Advérbio atribui uma circunstância em um adjetivo, verbo ou até mesmo um advérbio. Nesse caso, a circunstância é temporal.