O Questões Grátis disponibiliza mais de 600 MIL questões, de forma GRATUITA e SEM LIMITAÇÕES.

Instale o App Questões Grátis e estude melhor! No App você pode salvar os filtros, gerar estatísticas, e muito mais. Os botões para baixar o App se encontram no topo do site.

Logo abaixo você encontra milhares de questões. Para refinar sua busca, aplique os filtros desejados (buscar por disciplina, banca, cargo, ano...). Caso deseje excluir os filtros, clique em “Limpar Filtro”.

Para estudar, aplique os FILTROS abaixo:

2018_03_09_5aa295f9c35a6.PNG

“Ah, eu era rapaz, eu era rapaz naquele tempo!" significa que o narrador:

Assinale a alternativa em que o uso do sinal indicador de crase foi acertado:

Date: 03/06/2018

O verbo dirijir pede preposição e Argentina é substantivo admite artigo.

A + A = À.

Date: 03/06/2018

a) Chegou à tempo ao trabalho. Chegar é intransitivo, mas o termo referente não indica lugar. ERRADA

b) Dirijo-me à Argentina. Dirigir é intransitivo e indicar lugar, portanto exige preposição " a ". CORRETA

c) Vieram à pé.Não há crase antes de palavra masculina. ERRADA

d) Vende-se à prazo. Não há crase antes de palavra masculina.ERRADA

Date: 03/06/2018

para gravar:

Vou a.., volto dá.. = crase há!

Vou a.., volto de.. = crase pra quê?

Ex 1: Vou a Paris. Volto de Paris. (Nao tem crase)

Ex 2: Vou à Alemanha. Volto da Alemanha. (Com crase)



Date: 03/06/2018

Uso a mesma ideia da Fernanda Reis. Quando vi a questão, logo imaginei em colocar a minha forma de solucionar a questão, mas, agora, vejo que não é necessário.

Date: 03/06/2018

A banca escreve com um linguajá que fiquei até surpresa! Acertado? Poderia ter escrito da seguinte forma: "foi escrito corretamente" ao invés de acertado!

2018_02_05_5a7899bf022fe.PNG

Acerca das propriedades linguísticas do texto precedente, julgue os itens subsequentes.

No trecho “Diga não às 'corrupções' do dia a dia", seria correto o emprego do sinal indicativo de crase no vocábulo “a" em “dia a dia".

Date: 03/06/2018

Não se usa crase entre palavras repetidas.

Date: 03/06/2018

Para rimar:


Palavra repetida,

Crase proibida!

Date: 03/06/2018

Complementando o comentário dos colegas acima, há exceção a isso na expressão "guerra à guerra".

Por exemplo: "Ele decidiu declarar guerra à guerra"

Date: 03/06/2018

Explicando o guerra à guerra.

A crase só não ocorrerá se as palavras estiverem constituindo uma expressão com valor adverbial.
Ex.1: Estávamos face a face.
Ex.2: Dosava a medicação gota a gota.

O "a" entre as palavras é tão somente preposição.

Porém, se as palavras repetidas não constituírem juntas uma expressão com valor adverbial, existe sim a possibilidade de ocorrência da crase. Observe:
Ex.1: É preciso declarar guerra À guerra.
(declarar = VTDI; guerra = OD; à guerra = OI)
Ex.2: Vamos dar mais vida À vida?
(dar = VTDI; mais vida = OD; à vida = OI)

Fonte: Professor Marcelo Bernardo( https://www.facebook.com/profmarcelobernardo.mb/po...)


Date: 03/06/2018

Resultado de imagem para crase


Boa Aprovação!

Date: 03/06/2018

Dia também é uma palavra masculina! Não pede artigo a

Assinale a alternativa em que o uso do sinal indicador de crase foi acertado:

2017_01_19_5880d008bba2e.PNG


No que se refere aos aspectos linguísticos do texto acima e à

literatura brasileira, julgue os itens a seguir.

O emprego do sinal indicativo de crase em “à sua vista” (linha 17) deve-se à regência da forma verbal “despia”.

Date: 02/06/2018

Não sei explicar... mais sei que está errado... Essa é minha técnica nas questões gramaticais! (intuição)... Triste né?

Date: 02/06/2018

Eu acho que consigo explicar. Existem duas justificativas para o emprego de crase:

1º Quando há junção do artigo feminino "a" + a preposição "a". Ex: O menino foi a (prep.) + a (artigo) feira.

2º Locuções Femininas. Ex: à noite, à moda de, à toa, à vontade, à medida que, etc.

Obs. O verbo despir é V.T.D., portanto não demanda preposição. Assim, não teria como combinar uma prep. + artigo (1ª justificativa)

FRASE: ...o mundo inteiro se despia à sua vista (Locução adverbial feminina ).

Logo, o emprego da crase se deve ao emprego da locução feminina e não da regência do verbo "despia". Além disso, como há o pronome possessivo "sua" (casos de crase facultativa), a crase poderia não ser utilizada.

Bons Estudos! ;)

Date: 02/06/2018

Vale lembrar que este sinal indicativo de crase é facultativa. A regra é bem clara em nome possessivo feminino.

Date: 02/06/2018

Vale lembrar que este sinal indicativo de crase é facultativa. A regra é bem clara em nome possessivo feminino.

Date: 02/06/2018

excelente explicação sr Ricardo Lisboa claro e sucinto

Date: 02/06/2018

Errado: a crase não poderia ser utilizada, portanto o verbo despir é V.T.D., não demanda preposição.

Date: 02/06/2018

O

Date: 02/06/2018

Andrea Pinheiro, eu sempre me dei bem em português pela intuição, não porque eu sei as regras gramaticais. Já cheguei a gabaritar prova de concurso! Apesar que sempre li muuuuuito, desde criança...isso tb ajudou muito! :-)

Date: 02/06/2018

Quem se despe, despe-se DE algo. VTI

Locução adverbial feminina, explica a ocorrência de crase.

Date: 02/06/2018

GABARITO: ERRADO

Trata-se de uma locução com crase: "à sua vista". O verbo despir é reflexivo e apresenta-se na forma proclítica (pronome antes): "se despia".

Outros exemplos de locução com crase: à sua maneira, à sua escolha.

Date: 02/06/2018

A alternativa é Errada. A explicação adequada nessa questão é que o emprego da crase deve-se à existência de uma locução feminina, "à sua vista", não à regência da forma verbal, "despia".

Date: 02/06/2018

Crase obrigatória pois à sua vista (Locução adverbial feminina ) é o modo como se despia, porém não é o verbo despir que pedi a crase. outros exemplos parecidos:

à vista, à moda, etc pois é o modo.

Date: 02/06/2018

GABARITO : ERRADO

O sinal indicativo de crase não deve-se à regência da forma verbal "despia", como diz o enunciado (parece ser uma pegadinha da banca) e sim pelo caso facultativo que diz : usa-se crase antes de pronomes possessivos feminino no singular

ex: o mundo inteiro se despia a/à sua vista

Date: 02/06/2018

Tive o mesmo pensamento que Thiago, acredito que o indicativo de crase se dê pelo fato de ser um pronome possessivo feminino.

Date: 02/06/2018

Só existem duas regras de crase: 1. acento grave do fenômeno fonético (a + a) e 2. o acento diferencial das locuções femininas. Esse último responde a questão.

Date: 02/06/2018

Analisei assim: sua: pronome possessivo feminino (crase facultativa)

Date: 02/06/2018

Pessoal, basta saber que em locuções adverbiais de modo pede-se crase.

Date: 02/06/2018

quem se despe, se despe de alguma coisa, no pronome "sua", crase é facultativa

Date: 02/06/2018

NÃO SE DEVE à regência da forma verbal "despia".

E SIM A FACULDADE DE ESTAR ANTES DE PRONOMES POSSESSIVOS...

Date: 02/06/2018

Crase facultativa.

Date: 02/06/2018

Nesse caso o verbo não pede a pre não (a) é sim de

Date: 02/06/2018

Só lembrando que quem despia de alguma coisa pede um preposição DE É NÃO A

Date: 02/06/2018

Errada.

Caso facultativo, antes de pronomes possessivos femininos, no singular, que não subentendam palavras.

Exemplo:

Referia-se a sua família. (facultativo)

Minha ideia foi idêntica à sua. (Obrigatória) -> Aqui o sua está subentendendo "à sua ideia".

Date: 02/06/2018

Gabriel (guru), você está presente em todas as questões.

Date: 02/06/2018

AS LOCUÇÕES FEMININAS

*Serão acentuadas as locuções femininas:

A)ADVERBIAIS: à noite, às pressas, às vezes, à toa, à beça, às duas horas, à vontade, etc.

B)PREPOSITIVAS: à beira de, à procura de, à moda de, à espera de, etc.

C)CONJUNTIVAS: à medida que, à proporção que.

CASOS DE CRASE FACULTATIVA

a) Antes de nome próprio feminino, o acento é facultativo.

b) Antes de pronome poss. fem. no singular, o acento é facultativo.

c) Após a preposição "até", o acento no a é facultativo.

DESPIR

1. ~ (se) DE algo (desnudar-se, tirar Ø)

_ Despiu-se do pesado roupão e entrou na banheira.

2. algo ou alguém DE algo (privar)

_ A destruição decorrente da guerra despira a cidade de todo o seu patrimônio histórico.

_ Sua brilhante defesa despiu os adversários de toda objeção.

http://solinguagem.blogspot.com.br/2011/04/regenci...


Date: 02/06/2018

nem sempre o pronome possessivo SUA, o sinal indicativo de crase será facultativo

Date: 02/06/2018

Ricardo mandou muito!

Date: 02/06/2018

Crase é obrigatória em LOCUÇÕES ADVERBIAIS! Revisem.

Date: 02/06/2018

"DESPIA" É VERBO TRANSITIVO DIRETO!!!

Date: 02/06/2018

Olá, caros colegas, a crase é obrigatória para não haver ambiguidade. Se não tiver crase haverá ambiguidade: despia a sua vista. O autor quis dizer que despia na sua frente ou despia o seu olho?


Date: 02/06/2018
É devido a preposição mais artigo
Date: 02/06/2018

Locução adverbial formado por substantivo feminino, a crase é obrigatória.

Assinale a opção em que o acento grave, indicador de crase, foi corretamente empregado, como o foi em: "Ou apenas entregue, no início da adolescência, à descoberta de si mesmo".

Date: 03/06/2018

GABARITO LETRA (E)

O termo REFIRO-ME pede preposição,pois , quem se refere, se refere a algo ou alguém e o termo regido secretária também pede artigo. LOGO temos a supressão de A+A = À, crase.

Date: 03/06/2018

Cuidado com o verbo "perdoar". Ele pode assumir posturas diferentes (VTD/VTI), dependendo de a quem ele se refere.

Date: 03/06/2018

a) A firma não perdoou à dívida dos credores.

Perdoou O QUÊ? A dívida --> V.T.D. não exige preposição A.
Não ocorre crase neste caso

b) Os funcionários não obedeciam à regulamentos.

Não ocorre crase quando o termo seguinte está no plural.
Além disso, regulamento é palavra masculina, não exigindo pronome feminino A, portanto, também não ocorre crase neste caso.

4. A crase, na maioria das vezes, não ocorre antes de palavra masculina: Isso acontece porque antes de palavra masculina não ocorre o artigo "a", indicador do gênero feminino.

c) Isso me ajudou à refletir melhor sobre a vida.

Não ocorre crase antes de verbo no infinitivo.

d) Ele parecia alheio À todos que estavam em volta.

Não ocorre crase quando o termo seguinte está no plural.
Além disso, o pronome indefinido TODOS é masculino, não exigindo o artigo feminino A, portanto, também não ocorre crase neste caso.

No caso da locução a todos, não ocorre crase porque, embora se utilize a preposição a, não ocorre contração, dado não haver um artigo definido com o qual contrair. Primeiramente porque seria errado usar o artigo definido feminino a antes de uma palavra masculina e plural. Em segundo lugar e mais importante, porque não se utilizam artigos definidos antes de pronomes indefinidos e a palavra todos é um pronome indefinido.

e) Refiro-me à secretária do comandante do batalhão.

ex.: Refiro-me À secretária.
Refiro-me AO funcionário.

CORRETA!

1. A crase deve ser empregada apenas diante de palavras femininas: Essa é a regra básica para quem quer aprender mais sobre o uso da crase. Apesar de ser a mais conhecida, não é a única, mas saber que – salvo exceções – a crase não acontece antes de palavras masculinas já ajuda bastante! Caso você fique em dúvida sobre quando utilizar o acento grave, substitua a palavra feminina por uma masculina: se o "a" virar "ao", ele receberá o acento grave.

http://portugues.uol.com.br/gramatica/cinco-dicas-...

https://duvidas.dicio.com.br/a-todos-ou-a-todos/

Date: 03/06/2018

Gabarito correto, letra E

"Refiro-me à secretária do comandante do batalhão".

1ª regra para uso da crase: Secretária é palavra feminina.

2ª regra: Se a palavra feminina for substituída por uma masculina (secretário), caberia o emprego da expressão "AO", logo, há crase

Date: 03/06/2018

Quem se refere se refere A mais o artigo A do substantivo feminino SECRETÁRIA deu crase

Date: 03/06/2018

Verbo "Referir" exige a preposição .

"Secretária" é palavra feminina, logo aceita Crase. A preposição + A artigo= À

Date: 03/06/2018

Como se justifica a ocorrência da crase na frase do enunciado? ALGUÉM ME EXPLICA,POR FAVOR! OBG

Date: 03/06/2018

Acredito que seja pelo envio da preposição do verbo ENTREGUE. Colocou uma expressão entre vírgulas penas para confundir o candidato.

Date: 03/06/2018

Erro da c, não se usa crase antes de verbo.

Date: 03/06/2018

Casos proibidos de crase

  • Antes de verbos no InfinitivO
  • Antes de palavras masculinas
  • Entre palavras repetidas
  • Antes de artigos indefinidos: um, uma
  • Antes de pronomes
  • Antes de Palavras no plural (a+plural)
  • Após preposições
  • Após o advérbio: daqui, dai
Date: 03/06/2018
DE CARA JÁ ELIMINA LETRAS (B,C,D)
  • a) A firma não perdoou à dívida dos cretores. QUEM PERDOA, perdoa algo ou alguém
  • b) Os funcionários não obedeciam à regulamentos. (PALAVRA MASCULINA)
  • c) Isso me ajudou à refletir melhor sobre a vida. (ANTES DE VERBO)
  • d) Ele parecia alheio À todos que estavam em volta. (PRONOME INDEFINIDO)
  • e) Refiro-me à secretária do comandante do batalhão. QUEM SE REFERE, SE REFERE A ALGUMA COISA
  • 1ª regra para uso da crase: Secretária é palavra feminina
  • .2ª regra: Se a palavra feminina for substituída por uma masculina (secretário), caberia o emprego da expressão "AO", logo, há crase
Date: 03/06/2018

Resultado de imagem para mandamentos da crase


Boa Aprovação!

Date: 03/06/2018

Verbo VTI (pede preposição) + artigo ( a) do substantivo.

Date: 03/06/2018

a) A firma não perdoou à dívida dos cretores.
Com a crase, o banco se refere à DÍVIDA
Sem a crase, o banco se refere aos CRETORES
Não faz sentido referir-se à DÍVIDA

b) Os funcionários não obedeciam à regulamentos.
Quem obedece, obedece "a" -> VTI. Porém "A" no singular e palavra no plural, CRASE NEM A PAU!

c) Isso me ajudou à refletir melhor sobre a vida.
Quem ajuda, ajuda alguém -> VTD. Não há preposição "a" + artigo "a"

d) Ele parecia alheio À todos que estavam em volta.
...Alheio À TODOS -> Todos é um pronome indefinido, e palavra INDEFINIDA, CRASE TA FODIDA!

e) Refiro-me à secretária do comandante do batalhão.

CORRETA!!!
Quem se refere, se refere "a" + "a" secretária, temos proposição "a" + artigo "a" antes de palavra feminina, METE CRASE!!!!


Date: 03/06/2018

Lembrando que o verbo perdoar se ele se referir a pessoas esse "a" é preposição, mas se for pagar a algo o "a" é artigo.

Ex: "Paguei a você." (a = preposição) // "Paguei a dívida" (a = artigo)

Antigamente, as pessoas sabiam de cor o nome

de ruas e o melhor trajeto para qualquer canto da cidade.

O conhecimento que hoje vive restrito ___ cabeça dos

taxistas foi transferido quase que por completo aos

auxiliares de navegação via satélite (o mais famoso deles

sendo o Sistema de Posicionamento Global - GPS). Essa

mudança modifica fortemente nossa capacidade cognitiva

para localização. Segundo uma pesquisa inglesa, quando

utilizamos o serviço do GPS para nos locomover, é como

se “desligássemos" algumas áreas de nosso cérebro.

Os pesquisadores analisaram o cérebro de 24

voluntários, colocados em um simulador de navegação

que recriava ___ vizinhança de Soho, bairro da região

central de Londres. Eles tinham de chegar a um destino

predeterminado, se locomovendo por ruas da área no

menor caminho possível. A análise monitorava o

comportamento da região do cérebro associada ___

memória e localização e da região ligada ao planejamento

e tomada de decisão.

Enquanto “dirigiam" pela cidade sem a ajuda do

GPS, os participantes mantinham um número muito maior

de funções cerebrais. Eram registrados picos de atividade

quando eles entravam em novas ruas e quando se

deparavam com várias opções de caminhos. Da mesma

maneira, áreas ligadas ao planejamento eram acionadas

quando precisavam reorientar a rota. Quando auxiliados

por serviços de localização, no entanto, as mesmas

regiões permaneciam sem atividade. “Quando a

tecnologia diz para você aonde ir, essas partes do cérebro

simplesmente não respondem aos estímulos da cidade. É

como se nosso cérebro desligasse o interesse nas ruas

___ volta", disse Hugo Spiers ao jornal britânico The

Guardian.

http://super.abril.com.br/tecnologia... - adaptado

Considerando-se o uso ou não da crase, assinalar a alternativa que preenche as lacunas do texto CORRETAMENTE:

Date: 03/06/2018

Se alguem puder me explicar pq a ultima frase possui crase ficarei grato

Date: 03/06/2018

Porque à volta é locução adverbial feminina, e nestas usa-se a crase.

Date: 03/06/2018

" À VOLTA" = AO REDOR.

Date: 03/06/2018

"É como se nosso cérebro desligasse o interesse nas ruas à volta"

Note que é uma locução adverbial (com palavras femininas) e toda vez que for locução adverbial com palavras feminias, leva crase.

Date: 03/06/2018

Olá Felix, até onde sei tem 3 tipos de locução na regra da crase

* locução adverbial feminina

Chegou À noite , Às pressas , À direita ,À esquerda

*locução conjuntiva proporcionais

À medida que , Á proporção que

*locução prepositivas

À procura de , À vista de , À razão de

Lembrando que nessa regra é obrigatório o uso do acento GRAVE

Date: 03/06/2018

troquei "volta" por "entorno"

Date: 03/06/2018

nesse caso coloque "ao" no lugar de "a", se não houver alteração tem crase

Date: 03/06/2018

CABEÇA (FEMININA) TEM CRASE

DE CARA JÁ ELIMINA LETRAS ( A, C )

RECRIAVA ( QUEM RECRIA, RECRIA ALGO OU ALGUMA COISA)

ELIMINA LETRA (E)

FICA ENTRE (B,D)

MEMÓRIA (FEMININO) TEM CRASE

VOLTA (FEMININO) = AO REDOR (SUBSTITUI POR PALAVRA MASCULINA) "AO REDOR"

Date: 03/06/2018

Resultado de imagem para mandamentos da crase


Boa Aprovação!

Assinale a alternativa correta quanto ao emprego da crase.

Date: 03/06/2018

a) Correta.

b) Errada. Assitir no sentido de cuidar é VTD e não tem crase.

c) Errada. Não ocorre crase antes do pronome ESTA.

d) Errada. Não ocorre crase em locuções formadas por palavras iguais.

Date: 03/06/2018

1.2 - Assistir

1.2.1 - no sentido de "dar assistência", "amparar". – Transitivo direto

- O médico assistiu o paciente.

1.2.2 - com o sentido de "ver", "caber, "competir". – Transitivo indireto

- Esse direito assiste ao réu.

1.2.3 - com o sentido de "morar". – Intransitivo

- Seu tio assistia em um sítio.

Date: 03/06/2018

assistir no sentido de prestar assistência é VTD ou VTI, ASSISTIU O PACIENTE ou ASSISTIU À PACIENTE.

Todavia,a mais correta,é a letra A.

Date: 03/06/2018
  • c) Eu me referi à esta menina
  • Não se utiliza crase:

  • Antes de pronomes pessoais do caso reto (eu, tu, ele, nós, vós, eles) e do caso oblíquo me, mim, comigo, te, ti, contigo, se, si, o, lhe), por exemplo: Falamos a ela sobre o ocorrido; Ofereceram a mim as entradas para o cinema.
  • Antes dos pronomes demonstrativos (isso, esse, este, esta, essa), por exemplo: Era a isso que nos referíamos; Quando aderir a esse plano, a internet ficará mais barata.
Date: 03/06/2018

a alternativa B a enfermeira deixou a paciente morrer kkk

Date: 03/06/2018

Assistir no sentido de cuidar crase não dá.

Assistir no sentido de ver crase vai ter.

Date: 03/06/2018

a)Fui assistir à peça de teatro ontem.
Assistir "à" c/ crase = ver peça de teatro
Assistir "a" s/ crase = ajudar/colaborar para a peça de teatro
Então faz mais sentido com a CRASE. CORRETO!!!


b) A enfermeira assistiu à paciente com problema cardíaco.
Assistir "à" c/ crase = compreende-se que a enfermeira ficou observando a paciente que estava com problema cardíaco e não fez nada. Enfermeiras assistem SEM CRASE! Enfermeiras são prestativas e tomam decisões ao invés de só observar.

c) Eu me referi à esta menina
Diante de PRONOME (esta), crase PASSA FOME, não se usa.
Se fosse PRONOME POSSESSIVO FEMININO a crase seria FACULTATIVA.


d) Completei as atividades de ponta à ponta.
Palavras repetidas, crase é PROIBIDA! Segundo um dos mandamentos da CRASE.

Date: 03/06/2018

Usamos o verbo assistir, na maioria das vezes, com o sentido de ver. Nesse caso devemos sim usar a crase. Por exemplo: eu assisto ao jogo de futebol, eu assisto à partida de futebol. – Podemos notar que nessa frase temos o uso de preposições.

Porém, existe também o verbo assistir no sentido de dar assistência. Já nesse caso não devemos colocar o acento. Exemplo: eu assisto o doente, eu auxilio a criança. – Podemos perceber que nesse caso não temos preposições na frase.


Sendo assim, se você quiser dizer que compareceu à aula, que acompanhou e viu tudinho = você deve usar sim a crase.

Agora, se você está mandando tão bem que preparou o material, auxiliou os outros alunos durante a aula e deu assistência = nesse caso você escreve sem a crase mesmo

2017_06_07_593854fd1a784.bmp

No que diz respeito ao texto, julgue os itens a seguir:

Na linha 22, o acento grave, indicativo de crase, em “à preservação”, justifica-se pela regência do termo adverbial “essencialmente” e pela presença de artigo definindo o substantivo “preservação”.

Date: 03/06/2018

"A redução do impacto das mudanças climáticas visa (quem visa, visa a algo) essencialmente a preservação das populações e do planeta".

Date: 03/06/2018

Dica um pouco falha do nosso amigo Manoel. Na verdade, o verbo "visar", assim como assistir e aspirar, é muito perigoso pois a sua regência pode mudar dependendo do seu sentido. Essa pergunta "quem visa, visa a algo" pode acabar induzindo o candidato ao erro. Na verdade, quando o verbo visar estiver no sentido de ver, ele é transitivo direto (exige objeto direto); quando estiver no sentido de almejar, ele é transitivo indireto (exige objeto indireto).
Ex: Eu viso a cadeira (Eu vejo a cadeira)

Eu viso à cadeira de chefe (Eu quero o cargo de chefia)

Date: 03/06/2018

"Visa essencialmente à preservação da saúde"

Não haverá crase se logo após aparecer um verbo

Gab. ERRADO

Date: 03/06/2018

"Visa essencialmente à preservação da saúde"

  • Visa: VTI = ALMEJA
  • à: a preposição é justificada pela regência do verbo VISA + a presença de artigo (A) definindo o substantivo "preservação".
Date: 03/06/2018

1.8 - Visar

1.8.1 - quando significa "pôr o visto", "rubricar". – Transitivo direto

Ela visou as folhas.

1.8.2 - quando significa "pretender", "almejar". - Transitivo indireto

- Visava à felicidade de todos.

Date: 03/06/2018

Gabarito: ERRADO

Sobre o verbo visar:

Verbo VISAR com sentido de APONTAR, MIRAR --------- VTD

Ex.: O atirador visou o alvo.

Verbo VISAR com sentido de DAR O VISTO -------- VTD

EX.: O gerente do banco visou o cheque.

VISAR com sentido de ALMEJAR, DESEJAR, TER POR OBJETIVO -------- VTI

Ex.: Vocês visam à casa amarela.

Date: 03/06/2018

Visar no sentido de enxergar, olhar e mirar, não tem crase.

Eu viso a prova. (enxerga a prova)

Visar, no sentido de almejar, no sentido de se ter um objetivo, ocorre crase.

Eu viso à carreira pública.

Date: 03/06/2018

VISAR -

T.D. (mirar, apontar; pôr o visto)

T.I. (desejar, aspirar)

Date: 03/06/2018

Fabrício. Preservação não é verbo.

Date: 03/06/2018

QUEM VISA, VISA ALGO.

ESSE "ESSENCIALMENTE" NADA MAIS É DO QUE UM COMPLEMENTO DO VERBO "VISAR".

Date: 03/06/2018

Alexandre então a questão está errada né.


2017_07_07_595f6ed826370.PNG

Assinale a alternativa que dá outra redação à fala dos quadrinhos, seguindo a norma-padrão de regência, conjugação de verbos e emprego do sinal indicativo de crase.

Date: 03/06/2018

Se você souber apenas o uso da crase, a questão pode ser resolvida por eliminação.

a) não se usa crase antes de pronome

b) não se usa crase antes de verbo

c) termo regente não aceita crase, pois quem ajuda, ajuda alguém, não tendo a+a (preposição e artigo)

d) termo regente aceita crase, pois quem apela, apela a alguma coisa, que no caso foi a justiça, sendo a mesma um substantivo feminino, aceitando-se a+a

e) não se usa crase antes de pronome

Date: 03/06/2018

Aplausível o comentário do colega.

Date: 03/06/2018

Valeu! Eu ainda caio nessas pegadinhas escrotas!


Date: 03/06/2018

gabarito: D


Date: 03/06/2018

Na letra B também está errada a conjugação do verbo dispor ;)

Date: 03/06/2018

letra d

Date: 03/06/2018

a) Espero que você nomeie à alguém que trata disso melhor do que seu advogado.

Errada. Não se usa crase antes de pronome de indefinido (no caso, ALGUÉM)

b) Se você não se dispor em ajudar à fazer a lição de casa, vou processar você.

Errada. Não se usa crase antes de verbo (no caso, FAZER)

c) Vou acionar à polícia se você não vir me ajudar com à lição de casa.

Errada. No sentido de pôr em ação, em movimento; fazer funcionar; impulsionar, ACIONAR é verbo transitivo direto (exige complemento sem preposição). E "ajudar com a lição de casa" também está errada porque já existe a preposição COM e o artigo A, sendo desnecessária a preposição A.

d) Caso você não me acuda quando eu fizer a lição de casa, apelarei à justiça.

Correta. Repare que o verbo APELAR tem uma regência DIFERENTE do substantivo APELO. Apelo necessita da preposição A, enquanto apelar necessita da preposição PARA. Como a questão em comento tem como base APELO, exige a preposição A contraído com o acento grave por se juntar ao artigo A que o substantivo Justiça apresenta.

e) Pergunto à você onde está seu advogado; não creio que ele resolva ao caso.

Errada. Antes de pronome não se usa verbo, como regra geral.

Date: 03/06/2018
LETRA D
  • a) Espero que você nomeie à alguém que trata disso melhor do que seu advogado. Não se usa crase diante de PRONOME.
  • b) Se você não se dispor em ajudar à fazer a lição de casa, vou processar você.O correto seria DISPUSER, além de que não se usa crase antes de VERBO.
  • c) Vou acionar à polícia se você não vir me ajudar com à lição de casa.O correto seria VIER.
  • d) Caso você não me acuda quando eu fizer a lição de casa, apelarei à justiça. CORRETA
  • e) Pergunto à você onde está seu advogado; não creio que ele resolva ao caso.Não se usa crase diante de PRONOME.
Date: 03/06/2018

na grande maioria das vezes, podemos solucionar as questões de crase substituindo o "à" por "ao" acrescentando um sinonimo , e ver se fecha!

exemplo da questão:

d) Caso você não me acuda quando eu fizer a lição de casa, apelarei à justiça.

ao judiciario.

Date: 03/06/2018

letter D

Date: 03/06/2018

Resultado de imagem para mandamentos da crase


Boa Aprovação!

Date: 03/06/2018

Se você souber apenas o uso da crase, a questão pode ser resolvida por eliminação.

a) não se usa crase antes de pronome

b) não se usa crase antes de verbo

c) termo regente não aceita crase, pois quem ajuda, ajuda alguém, não tendo a+a (preposição e artigo)

d) termo regente aceita crase, pois quem apela, apela a alguma coisa, que no caso foi a justiça, sendo a mesma um substantivo feminino, aceitando-se a+a

e) não se usa crase antes de pronome

Date: 03/06/2018

A banca Vunesp tem se aprimorado e cobrado vários itens do edital em uma mesma questão. Recomendo para resolver questões do tipo, escolher cada um deles separadamente e tentar achar o erro. Como já citado pelos colegas acima, quem tem segurança na crase, matou a questão com mais facilidade.

Date: 03/06/2018


a) Espero que você nomeie à alguém que trata disso melhor do que seu advogado.
Quem nomeia, nomeia alguém. VTD, não há preposição, não há crase por aqui!

b) Se você não se dispor em ajudar à fazer a lição de casa, vou processar você.
Antes de VERBO não se usa CRASE

c) Vou acionar à polícia se você não vir me ajudar com à lição de casa.
Acionar é VTD, não há preposição, não há crase por aqui!

d) Caso você não me acuda quando eu fizer a lição de casa, apelarei à justiça.
Quem apela, apela "a" alguma coisa ou "a" alguém. Temos preposição a + a justiça e um (VTI) CORRETO!!!

e) Pergunto à você onde está seu advogado; não creio que ele resolva ao caso.
Diante de pronome, crase passa FOME. Não há crase por aqui!

Date: 03/06/2018

Uma forma simples é vocë analisar ao verbo..

(item d ) Quem apela, apela A algo ou A alguém..- esse A seria preposição

e A justiça pede artigo A.. então Crase..


Date: 03/06/2018

Quando substituo por PARA A, NA OU DA sem que a frase perca o sentido a crase está correta.

Date: 03/06/2018

algumas pessoas comentaram aqui que não se usa crase diante de pronome !

mais existe os casos onde se usa facultativamente diante dos pessesivos seus ,suas e etc

além que, ainda temos os demonstrativos aquele, aquelas e suas flexoes