O Questões Grátis disponibiliza mais de 600 MIL questões, de forma GRATUITA e SEM LIMITAÇÕES.

Instale o App Questões Grátis e estude melhor! No App você pode salvar os filtros, gerar estatísticas, e muito mais. Os botões para baixar o App se encontram no topo do site.

Logo abaixo você encontra milhares de questões. Para refinar sua busca, aplique os filtros desejados (buscar por disciplina, banca, cargo, ano...). Caso deseje excluir os filtros, clique em “Limpar Filtro”.

Para estudar, aplique os FILTROS abaixo:

Na confecção de um cabo de rede cross-over, uma das pontas do cabo é crimpada seguindo o padrão EIA568B e a outra ponta é crimpada seguindo o padrão EIA 568A. Assinale a alternativa que contém quais pares de fios são trocados de um padrão para o outro.

Date: 02/06/2018

Assertiva: "D".

Existem dois padrões para a ordem dos fios dentro do conector, o EIA 568B (o mais comum) e o EIA 568A. A diferença entre os dois é que a posição dos pares de cabos laranja e verde são invertidos dentro do conector.

Existe muita discussão em relação com qual dos dois é "melhor", mas na prática não existe diferença de conectividade entre os dois padrões. A única observação é que você deve cabear toda a rede utilizando o mesmo padrão. Como o EIA 568B é de longe o mais comum, recomendo-o que você utilize-o ao crimpar seus próprios cabos.

Uma observação é que muitos cabos são certificados para apenas um dos dois padrões; caso encontre instruções referentes a isso nas especificações, ou decalcadas no próprio cabo, crimpe os cabos usando o padrão indicado.

No padrão EIA 568B, a ordem dos fios dentro do conector (em ambos os lados do cabo) é a seguinte:

1- Branco com Laranja
2- Laranja
3- Branco com Verde
4- Azul
5- Branco com Azul
6- Verde
7- Branco com Marrom
8- Marrom


Os cabos são encaixados nesta ordem, com a trava do conector virada para baixo, como no diagrama:


index_html_m3721a5c6

Ou seja, se você olhar o conector "de cima", vendo a trava, o par de fios laranja estará à direita e, se olhar o conector "de baixo", vendo os contatos, eles estarão à esquerda. Este outro diagrama mostra melhor como fica a posição dos cabos dentro do conector:


index_html_m6c9967e4

No caso de um cabo "reto" (straight), que vai ser usado para ligar o micro ao hub, você usa esta mesma disposição nas duas pontas do cabo. Existe ainda um outro tipo de cabo, chamado de "cross-over", que permite ligar diretamente dois micros, sem precisar do hub. Ele é uma opção mais barata quando você tem apenas dois micros.

Neste tipo de cabo a posição dos fios é diferente nos dois conectores, de forma que o par usado para enviar dados (TX) seja ligado na posição de recepção (RX) do segundo micro e vice-versa. De um dos lados a pinagem é a mesma de um cabo de rede normal, enquanto no outro a posição dos pares verde e laranja são trocados. Daí vem o nome cross-over, que significa, literalmente, "cruzado na ponta":


index_html_62cd8e15

Para fazer um cabo cross-over, você crimpa uma das pontas seguindo o padrão EIA 568B que vimos acima e a outra utilizando o padrão EIA 568A, onde são trocadas as posições dos pares verde e laranja:

1- Branco com Verde
2- Verde
3- Branco com Laranja
4- Azul
5- Branco com Azul
6- Laranja
7- Branco com Marrom
8- Marrom


A maioria dos hub/switchs atuais é capaz de "descruzar" os cabos automaticamente quando necessário, permitindo que você misture cabos normais e cabos cross-over dentro do cabeamento da rede. Graças a isso, a rede vai funcionar mesmo que você um cabo cross-over para conectar um dos micros ao hub por engano.

Este cabo cross-over "clássico" pode ser usados para ligar placas de 10 ou 100 megabits, onde as transmissões são na realidade feitas usando apenas dois dos pares dos cabos. Placas e switchs Gigabit Ethernet utilizam os quatro pares e por isso precisam de um cabo cross-over especial, crimpado com uma pinagem diferente. Usando um cabo cross convencional, a rede até funciona, mas as placas são forçadas a reduzir a velocidade de transmissão para 100 megabits, se forma a se adaptarem ao cabeamento.

Para fazer um cabo cross-over Gigabit Ethernet, você deve utilizar o padrão EIA 568B (Branco com Laranja, Laranja, Branco com Verde, Azul, Branco com Azul, Verde, Branco com Marrom, Marrom) de um dos lados do cabo, como usaria ao crimpar um cabo normal. A mudança vem ao crimpar o outro lado do cabo, onde é usada a seguinte pinagem:

1- Branco com Verde
2- Verde
3- Branco com Laranja
4- Branco com Marrom
5- Marrom
6- Laranja
7- Azul
8- Branco com Azul


Muitos switchs e também algumas placas Gigabit podem ser ligados diretamente usando cabos straight, pois os transmissores são capazes de ajustar a transmissão via software, recurso chamado de Auto-MDI/MDI-X. Entretanto, nem todos os dispositivos suportam o recurso, de forma que os cabos crossover ainda são necessários em diversas situações.

Para conectar um novo dispositivo a uma rede corporativa, é necessário informar o número de identificação do hardware. Esse número é informado por meio do:

Date: 03/06/2018

O Endereço MAC (Media Access Control) é um endereço físico associado à interface de comunicação, que conecta um dispositivo à rede. O MAC é um endereço "único", não havendo duas portas com a mesma numeração, é usado para controle de acesso em redes de computadores. Sua identificação é gravada em hardware, isto é, na memória ROM da placa de rede de equipamentos como desktops, notebooks, roteadores, smartphones, tablets, impressoras de rede, etc.

Date: 03/06/2018

MAC ADDRESS : MAC é a sigla de Media Access Control, ou seja, o Endereço MAC nada mais é que o endereço de controle de acesso da sua placa de rede. É um endereço único, com 12 dígitos hexadecimais, que identifica sua placa de rede em uma rede.

.

IP: O IP(ou Internet Protocol) é uma identificação única para cada computador conectado a uma rede. Podemos imaginá-lo como um documento de identificação único, como o CPF, por exemplo.

.

SMTP: Simple Mail Transfer Protocol (abreviado SMTP. Traduzido do inglês, significa "Protocolo de transferência de correio simples") é o protocolo padrão para envio de e-mails através da Internet.

.

JSP: JavaServer Pages (JSP) é uma tecnologia que ajuda os desenvolvedores de software a criarem páginas web geradas dinamicamente baseadas em HTML, XML ou outros tipos de documentos.

.

CGI: Computer-Generated Imagery, o que pode ser traduzido para "imagens geradas por computador". Ela corresponde a qualquer imagem ou animação que não foi gravada por uma câmera, seja em filmes, séries ou jogos.

.

Para a instalação física de uma rede local de computadores (LAN) o Técnico utilizou cabos de pares trançados e I para interligar os computadores, o que estabeleceu a topologia física ?II?. Para conectar a LAN à rede WAN do provedor de acesso (ISP) o Técnico utilizou o III.
As lacunas I, II e III são, correta e respectivamente, preenchidas por

Date: 03/06/2018

ainda bem que a letra C foi a única que tinha a opção "roteador" no final.

Date: 03/06/2018

Em computação, rede de área local (acrônimo de local area network - LAN), ou ainda rede local, é uma rede de computadores utilizada na interconexão de equipamentos processadores com a finalidade de troca de dados. Um conceito mais preciso seria: é um conjunto de hardware e software que permite a computadores individuais estabelecerem comunicação entre si, trocando e compartilhando informações e recursos. Tais redes são denominadas locais por cobrirem apenas uma área limitada (1 km no máximo, além do que passam a ser denominadas MANs). Redes em áreas maiores necessitam de tecnologias mais sofisticadas, visto que, fisicamente, quanto maior a distância de um nó da rede ao outro, maior a taxa de erros que ocorrerão devido à degradação do sinal.

Dispositivos de rede, ou hardware de rede, são os meios físicos necessários para a comunicação entre os componentes participantes de uma rede. São exemplos os concentradores, os roteadores, repetidores, gateways, os switchs, as bridges, as placas de rede e os pontos de acesso wireless.

Na topologia de rede designada por rede em estrela, toda a informação deve passar obrigatoriamente por uma estação central inteligente, que deve conectar cada estação da rede e distribuir o tráfego para que uma estação não receba, indevidamente, dados destinados às outras.

Date: 03/06/2018

Gabarito letra ''c''

Switch

Os switches são aparelhos bastante semelhantes aos hubs, tendo como principal diferença a forma como transmitem dados entre os computadores. Enquanto hubs reúnem o tráfego em somente uma via, um switch cria uma série de canais exclusivos em que os dados do computador de origem são recebidos somente pela máquina destino.

Topologia Estrela

A topologia de rede em estrela é a mais comum em redes de pequeno porte com um número especifico de computadores, foi dado esse nome a essa nomenclatura de rede pois os computadores e equipamento que estão ligados a ela se interconectam por meio de equipamento comutador (switche), o meio pelo qual os computadores se conectam ao comutador é o cabo coaxial.

Roteador

Usados em redes de maior porte, os roteadores têm como principal vantagem atuar de forma mais inteligente que os switches. Além de estabelecer a comunicação entre duas máquinas, esses dispositivos também possuem a capacidade de escolher a melhor rota que a informação deve seguir até seu destino. Com isso, a velocidade de transferência é maior e a perda de dados durante a transmissão diminui consideravelmente.

Seja paciente e eficiente!

Date: 03/06/2018

É a topologia de redes que descreve como as redes de computadores estão interligadas, tanto do ponto de vista físico, como o lógico.

Estrela

A topologia em estrela utiliza um nó central (comutador ou switch) para chavear e gerenciar a comunicação entre as estações. É esta unidade central que vai determinar a velocidade de transmissão, como também converter sinais transmitidos por protocolos diferentes. Neste tipo de topologia é comum acontecer o overhead localizado, já que uma máquina é acionada por vez, simulando um ponto-a-ponto.

Fonte: http://www.infoescola.com/informatica/topologias-de-redes/

Qual dos componentes abaixo atua a nível da camada de enlace e possibilita a divisão do tráfego entre segmentos?

Dentre os conectores abaixo, qual usado para a conexão de cabos do tipo par trançado?

Date: 03/06/2018

8P8C é um conector modular usado em terminações de telecomunicação e popularmente denominado RJ45. Os conectores 8P8C são usados normalmente em cabo par trançado.

Resultado de imagem para rj-45

Há soluções tecnológicas que visam reduzir os custos de aquisição e manutenção de computadores. Qual é o nome atribuído a computadores de rede, sem disco rígido, que acessam programas de um servidor ao invés de armazená-los?

Date: 03/06/2018

Um thin client ("cliente magro") é um computador cliente em uma rede de modelo cliente-servidor de duas camadas o qual tem poucos ou nenhum aplicativo instalados, de modo que depende primariamente de um servidor central para o processamento de atividades. A palavra "thin" se refere a uma pequena imagem de boot que tais clientes tipicamente requerem - talvez não mais do que o necessário para fazer a conexão com a rede e iniciar um navegador web dedicado ou uma conexão de "Área de Trabalho Remota" tais como X11, Citrix ICA ou Microsoft RDP.

Fonte: Wikipédia.

Date: 03/06/2018

O thin client é um equipamento que funciona como um mini PC, mas não possui, em sua estrutura interna, HD, processador e memória (não como os convencionais). Apesar de sua estrutura simples, com ele é possível obter uma rede de baixo custo e de fácil manutenção, dentre outros benefícios.

Fonte: http://www.thinclientbrasil.com/thin-client/o-que-e-thin-client.php

Acerca dos fundamentos de comunicação de dados e dos

elementos de interconexão de redes de computadores,

julgue os itens subsequentes.

Pegar uma mensagem de aplicação, realizar sua leitura e, posteriormente, interpretá-la são tarefas realizadas por um dispositivo de interconexão de redes de computadores conhecido como gateway.

Date: 02/06/2018

Gateway, ou ponte de ligação, é uma máquina intermediária geralmente destinada a interligar redes, separar domínios de colisão, ou mesmo traduzir protocolos. Exemplos de gateway podem ser os routers (ou roteadores) e firewalls, já que ambos servem de intermediários entre o utilizador e a rede. Um proxy também pode ser interpretado como um gateway (embora em outro nível, aquele da camada em que opera), já que serve de intermediário também.

O dispositivo de rede que opera nas camadas física, de enlace e de rede e que altera os endereços físicos em um pacote é denominado

Date: 03/06/2018

Questão capciosa. Mas se o Forouzan disse, internaliza.

Protocolo TCP/IP - 3.ed. - Por Behrouz A. Forouzan, Sophia Chung Fegan - página 74:

"Um roteador é um dispositivo de três camadas; ele opera nas camadas física, de enlace de dados e de rede."

Gabarito: e)

https://books.google.com.br/books?id=fNvIgp3kkyQC&pg=PA74&dq=roteador+opera+nas+camadas+f%C3%ADsica,+de+enlace+e+de+rede&hl=pt-BR&sa=X&ved=0ahUKEwjDlO6qq_3VAhVKExoKHQS7BTEQ6AEIJzAA#v=onepage&q=roteador%20opera%20nas%20camadas%20f%C3%ADsica%2C%20de%2

Date: 03/06/2018


Um repetidor atua na camada física do Modelo OSI (2). Ele recebe todos os sinais de cada uma das redes que interliga e os repete nas demais redes, sem realizar qualquer tipo de tratamento. A utilização deste dispositivo em uma rede local degenera o sinal no domínio digital e causa problemas de sincronismo entre as interfaces de rede.Em informática, repetidor é um equipamento eletrônico utilizado para a interligação de redes idênticas, pois eles regeneram eletricamente os sinais e os retransmite pelo mesmo segmento no meio físico.

Repetidores são utilizados para estender a transmissão de ondas de rádio, por exemplo, redes wireless, WiMAX e telefonia móvel.

O repetidor serve como ponte do sinal wireless.

Quais componentes uma rede Gigabit ethernet pode conter?

Acerca dos fundamentos de comunicação de dados e dos

elementos de interconexão de redes de computadores,

julgue os itens subsequentes.

Roteador é tipicamente um dispositivo de duas camadas que tem a função de direcionar pacotes, tomando como base seu endereço físico, uma vez que os computadores envolvidos na comunicação necessitam de identificá-lo.

Date: 02/06/2018

Resposta: ERRADA

Roteador (router em inglês) é um dispositivo que encaminha pacotes de dados entre redes de computadores, criando um conjunto de redes de sobreposição. Um roteador é conectado a duas ou mais linhas de dados de redes diferentes. Quando um pacote de dados chega, em uma das linhas, o roteador lê a informação de endereço no pacote para determinar o seu destino final. Em seguida, usando a informação na sua política tabela de roteamento ou encaminhamento, ele direciona o pacote para a rede de próxima em sua viagem. Os roteadores são os responsáveis pelo "tráfego" na Internet. Um pacote de dados é normalmente encaminhado de um roteador para outro através das redes que constituem a internetwork até atingir o nó destino. E portanto o roteador é tipicamente um dispositivo da camada 3 (rede) do Modelo OSI.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Roteador

Date: 02/06/2018

Não é endereço físico e sim endereço lógico, o IP.