Assinale a alternativa considerada verdadeira sobre a Icterícia Neonatal:

I- A maioria dos casos são por hiperbilirrubinemia indireta, sendo as mais comuns a icterícia fisiológica do recém-nascido e as incompatibilidades sanguíneas Rh e ABO.

II- A icterícia fisiológica ocorre na primeira semana de vida em cerca de 60% dos nascidos a termo (pico médio de 6mg/dl por volta de 72 horas de vida) e em 80% dos prematuros (com pico médio de 11mg/dl por volta do 5° dia de vida).

III- Considerar fisiológica quando for notada nas primeiras 24 horas de vida.

IV- São causas de hiperbilirrubinemia indireta não fisiológica: incompatibilidade sanguínea ABO ou Rh, icterícia persistente relacionada ao aleitamento materno e anemias hemolíticas congênitas.

V- Por causa fisiológica, manifesta-se por letargia e hipotonia, vômitos e sucção débil e evolui com coma, extensão do pescoço e opistótono.

Na consulta médica, na avaliação inicial da pessoa com HAS, é incorreto afirmar:

São critérios maiores para o diagnóstico de febre reumática:

Entre as causas de Hipertensão Arterial Secundária, é incorreto afirmar:

Na consulta médica, na avaliação inicial da pessoa com HAS, é incorreto afirmar:

Sobre radiação ionizante, é correto afirmar: I- Radiação ionizante é aquela capaz de arrancar um elétron de átomo. Nesse processo chamado ionização forma-se o par íon negativo e íon positivo. O primeiro é o elétron ejetado e o íon positivo é o átomo que perdeu um elétron. II- Os elétrons estão ligados a átomos por forças elétricas de diferentes valores, dependendo da sua localização. Quanto mais próximo do núcleo, maior é a força de atração entre o elétron e o núcleo, positivamente carregado. III- As energias de ligação de um elétron da camada K (mais interna) e de um elétron da última camada de um átomo de tungstênio são 69.500 eV e 7,9 eV, respectivamente. A radiação ionizante não consegue arrancar qualquer elétron de um átomo se tiver energia maior que o de ligação dele ao átomo IV- As partículas carregadas eletricamente como partículas alfa, betas - elétrons e pósitrons -, quando possuem energia suficiente, são consideradas radiação ionizante e vão ionizando átomos que encontram em sua trajetória num dado meio até perder toda energia. V- De todo o espectro das ondas eletromagnéticas, somente os raios X e gama são radiação ionizante, isto é, têm energia suficiente para ionizar átomos. VI- A radiação ultravioleta para fins de fotobiologia é considerada não ionizante por não ter energia para arrancar elétron de principais átomos que constituem o corpo humano como hidrogênio, oxigênio, carbono e nitrogênio, além penetrar muito pouco no corpo humano. VII- Em radiobiologia, considera-se como sendo ionizante radiação com energia maior do que 10 eV.

As metas do milênio para a tuberculose (TB), pactuadas pela Organização das Nações Unidas, visam reduzir as taxas de incidência e de mortalidade em 50% até 2015. Apesar de o Brasil ser ainda um dos 22 países responsáveis por 90% dos casos de TB do mundo, até o ano de 2007, ocorreu em nosso país uma queda de 26% na incidência e de 32% na mortalidade por TB. A esse respeito, assinale a incorreta:

Quanto às uretrites não gonocócicas, é incorreto afirmar:

A medida mais importante de controle epidemiológico da dengue é o(a):

Não constitui diretriz ou princípio fundamental do SUS: