O Questões Grátis disponibiliza mais de 600 MIL questões, de forma GRATUITA e SEM LIMITAÇÕES.

Instale o App Questões Grátis e estude melhor! No App você pode salvar os filtros, gerar estatísticas, e muito mais. Os botões para baixar o App se encontram no topo do site.

Logo abaixo você encontra milhares de questões. Para refinar sua busca, aplique os filtros desejados (buscar por disciplina, banca, cargo, ano...). Caso deseje excluir os filtros, clique em “Limpar Filtro”.

Para estudar, aplique os FILTROS abaixo:

A Belle Époque (bela época em francês) começou no final do século XIX (1871) e durou até a eclosão da primeira guerra mundial em 1914. Foi considerada uma era de ouro da beleza, inovação e paz entre os países europeus e suas influências se espalharam pelo mundo chegando até a Amazônia.

Na Amazônia a Belle Époque deu-se por conta do boom provocado pela:

Date: 07/11/2019

Qual a resposta

Date: 20/05/2020

Letra:A

Date: 26/12/2020

A letra A

"Foi um acordo assinado a 17 de novembro de 1903 entre os governos do Brasil e da Bolívia. É um Tratado de Permuta que resultou na entrega do território do Acre, efetivamente ocupado pelos seringueiros brasileiros durante a corrida à borracha da floresta amazónica".

O texto acima se refere ao(à):

Date: 03/06/2018

Tratado de Petrópolis é o nome do acordo firmado entre Brasil e Bolívia. O Acre pertencia ao território boliviano, mas o Brasil o comprou.

SENO(a+b} = Sa*Cb + Sb*Ca

na subtração apenas o sinal é que se altera.

O novo regime político brasileiro, centralizado nas ações dos militares, foi fundado através do golpe de 31 de março de 1964, porém, a posse da junta militar provisória só aconteceu no dia 9 de abril do mesmo ano.

Decretando o chamado Al-1 (Ato Institucional n° 1), a junta buscava:

As revoltas ocorridas nos últimos séculos da colonização são comumente divididas em dois blocos: as rebeliões nativistas e as rebeliões separatistas. As primeiras reagiam contra as posturas metropolitanas que estivessem desagradando setores da sociedade em certa época e local.

Apenas uma das revoltas abaixo, ocorridas no Brasil, pode ser identificada como nativista. Marque-a:

Date: 03/06/2018

REVOLTAS NATIVISTAS = mascates, vila rica, beckman, emboabas, amador bueno.

REVOLTAS EMANCIPACIONISTAS = conjuração mineira, baiana e revolução pernambucana.

Date: 03/06/2018

Assim como na história do Brasil que é marcada por muitas revoltas contra os abusos de governantes. A sociedade hoje, também, deve lutar para que deixe de sofrer nas mãos daqueles que não se interessam em ajudá la.

Eleito pelo PSD e com o apoio do PTB, Eurico Gaspar Dutra conseguiu uma fácil vitória após obter o apoio do antigo presidente Getúlio Vargas. O momento histórico foi marcado pela tentativa de retorno à normalidade democrática, exigindo a convocação de uma Assembleia Constituinte que pudesse substituir a Carta de 1937, a qual apresentava feições fascistas. Elaborada no primeiro ano de mandato do Governo Dutra, a Constituição de 1946:

A configuração territorial da América portuguesa colonial foi alcançada por meio de um processo histórico dinâmico, iniciado no século XVI. A respeito desse tema, julgue o item.

No final do século XVI, os portugueses tinham posições fortificadas na foz do rio Amazonas e na margem oriental do rio da Prata.

Date: 03/06/2018

ERRADO.

Por 350 anos após a descoberta do Amazonas pelos europeus, a parte portuguesa da bacia do rio permaneceu um cenário abandonado, servindo exclusivamente como fonte de alimentos obtidos através da coleta e da agricultura pelos povos indígenas que haviam sobrevivido à chegada das doenças trazidas pelos europeus.




Daniel Gonçalves

https://www.qconcursos.com/questoes-de-concursos/questoes/search?migalha=true&disciplina=52&prova=55371&modo=1

Date: 03/06/2018

Durante muitos anos, grande parte do que se conhece hoje pela Amazônia pertencia aos espanhóis - graças ao Tratado de Tordesilhas, assinado com Portugal em 1494. Mas as primeiras expedições à região foram acontecer apenas anos depois, a partir de 1540.

Apesar de a maior parte da terra estar sob domínio dos espanhóis, foram os portugueses que mais se interessaram sobre aquela área: era preciso protegê-la da invasão de outros países, como Inglaterra, França e Holanda.

Em 1637, Portugal encomenda a primeira grande expedição à região, com cerca de 2 mil pessoas. A exploração de frutos como o cacau e a castanha ganham uma forte conotação comercial.

A partir do século 18, a agricultura e a pecuária passam a ter papel fundamental na região. Como a mão-de-obra indígena já não era mais suficiente, os negros africanos também chegam à região como escravos.

Em 1750, com o Tratado de Madri, Portugal passa a ter direito sobre as terras ocupadas na região Norte do país. É o início do estabelecimento da fronteira brasileira na região amazônica, que culmina finalmente no século 20 com a anexação do Estado do Acre.

http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2009/07/090...


No que se refere a fatores que contribuíram para a configuração do território da América portuguesa colonial, julgue o item.

Pelo Tratado de Madri, de 1750, a Espanha aceitou a posse portuguesa do Mato Grosso, da Amazônia e da margem oriental do rio da Prata.

Date: 03/06/2018

O Tratado de Madrid foi um tratado firmado na capital espanhola . O objetivo do tratado era substituir o Tratado Tordesilhas, o qual já não era mais respeitado na prática.[2] Pelo tratado, ambas as partes reconheciam ter violado o Tratado de Tordesilhas na América e concordavam que, a partir de então, os limites deste tratado se sobreporiam aos limites anteriores.[3] As negociações basearam-se no chamado Mapa das Cortes, privilegiando a utilização de rios e montanhas para demarcação dos limites. O diploma consagrou o princípio do direito privado romano do uti possidetis, ita possideatis (quem possui de fato, deve possuir de direito), delineando os contornos aproximados do Brasil de hoje.

Date: 03/06/2018

https://www.infoescola.com/historia/tratado-de-mad...

Da assinatura do Tratado de Tordesilhas (1494) à assinatura do Tratado de Madri (1750), os contornos do território português na América cresceram significativamente. Apesar da expansão agropecuária na região nordestina, foi a busca por metais preciosos e mão de obra indígena na região Centro-Oeste e a busca pelas chamadas Drogas do Sertão e mão de obra indígena na Amazônia que se constituíram elementos centrais da expansão territorial lusa em direção ao interior do vasto território. As operações de Entradas, Bandeiras, Guerras Justas, Resgates e Descimentos de Índios, empreendidas pelos portugueses desde o início da colonização, desempenharam papel central neste fenômeno. Além desses fatores, a evangelização dos índios foi um fenômeno igualmente importante. Muitos aldeamentos se tornaram verdadeiras instituições de fronteira.

Deste modo, o Tratado de Madri (1750) pode ser pensado com a oficialização do processo de expansão territorial portuguesa iniciado pouco mais de duzentos anos antes. Firmado em Madri, na Espanha, pelos monarcas D. João V (Portugal) e D. Fernando VI (Espanha) tal tratado geopolítico teve como principal objetivo o fim das disputas territoriais entre os Estados Ibéricos. Os novos limites demarcatórios foram baseados no Mapa das Cortes (1749), elaborado especialmente para servir de base ao Tratado. Montanhas e rios serviram como indicadores das demarcações de limites, a partir de uma espécie de delimitação por fronteiras naturais. Além disso, o princípio romano do uti possidetis, que pode ser traduzido pela ideia de que "o território é de quem nele habita" foi utilizado pelos portugueses para reivindicar aqueles espaços.

https://www.estudopratico.com.br/tratado-de-madri-...



Date: 03/06/2018

O tratado de Madri foi criado logo após o fim da união ibérica, sendo que o tratado de Tordesilhas foi desrespeitado e era necessário estabelecer novos limites territoriais.

COSSENO (A+B] Ca*Cb menos Sa*Sb

Na subtração dos arcos só o que muda é o sinal, sendo que deixa de ser negativo e passa a ser positivo.

Durante o Primeiro Reinado consolidou-se a independência nacional, construiu-se o arcabouço institucional do Império do Brasil e estabeleceram-se relações diplomáticas com diversos países. Acerca desse período da história do Brasil, julgue o item subsequente.

O Senado era fator de estabilidade política no Império, tanto pelo caráter vitalício dos mandatos dos senadores, quanto por ter prerrogativas constitucionais como a de aprovar a nomeação de presidentes das províncias e a de assinar tratados internacionais.

Date: 03/06/2018

Senado é na República.

Date: 03/06/2018

Constituição de 1824
Cargo vitalício
Art. 40. O Senado é composto de Membros vitalícios, e será organizado por eleição Provincial.



NÃO cabia ao Senador aprovar a nomeação de presidentes das províncias
Art. 165. Haverá em cada Província um Presidente, nomeado pelo Imperador, que o poderá remover, quando entender, que assim convêm ao bom serviço do Estado.

Date: 03/06/2018

ERRADO.

Os senadores eram eleitos pelo Imperador. E, embora, os mandatos dos senadores tivessem caráter vitalício, NÃO detinham as prerrogativas constitucionais de aprovar a nomeação de presidentes das províncias e a de assinar tratados internacionais. Competências essas que eram restritas ao Imperador, conforme a Constituição de 1824:

"Art. 40. O Senado é composto de Membros vitalicios, e será organizado por eleição Provincial."

"Art. 165. Haverá em cada Provincia um Presidente, nomeado pelo Imperador, que o poderá remover, quando entender, que assim convem ao bom serviço do Estado."

"Art. 102. O Imperador é o Chefe do Poder Executivo, e o exercita pelos seus Ministros de Estado. São suas principaes attribuições: (...) VIII. Fazer Tratados de Alliança offensiva, e defensiva, de Subsidio, e Commercio, levando-os depois de concluidos ao conhecimento da Assembléa Geral, quando o interesse, e segurança do Estado permittirem."




https://www.qconcursos.com/questoes-de-concursos/q...

Daniel Gonçalves Usuário premium

Date: 03/06/2018

Errado,

não foi o rio da Prata, foi o rio Uruguay.

Date: 03/06/2018

https://www.infoescola.com/historia/primeiro-reina...

O Primeiro Reinado foi a fase inicial do período monárquico do Brasil após a independência. Esse período se inicia com a declaração da independência por Dom Pedro I e se finda em 1831, com a abdicação do imperador.

Quando Dom Pedro I declarou a independência do Brasil, em 7 de setembro de 1822, movido por intensa pressão das elites portuguesas e brasileiras, o exército português, ainda fiel à lógica colonial, resistiu o quanto pôde, procurando resguardar os privilégios dados aos lusitanos em terras brasileiras.

A vitória das forças leais ao Imperador Pedro I contra essa resistência dão ao monarca um aumento considerável de prestígio e poder.

Uma das primeiras iniciativas do imperador brasileiro foi criar e promulgar uma nova Constituição para o país para, ao mesmo tempo, aumentar e consolidar seu poder político e frear iniciativas revolucionárias que já estavam acontecendo no Brasil.

A Assembléia Constituinte formada em 1823 foi a primeira tentativa, invalidada pela falta de acordo e pela incompatibilidade entre os deputados e a vontade do Imperador. Numa nova tentativa, a Constituição é promulgada em 1824, a primeira do Brasil independente.

Essa Constituição, entre outras medidas, dava ao Imperador o poder de dissolver a Câmara e os conselhos provinciais, manobrando por tanto o legislativo, além de eliminar cargos quando necessário, instituir ministros e senadores com poderes vitalícios e indicar presidentes de comarcas. Essas medidas deixavam a maior parte do poder de decisão nas mãos do imperador e evidenciavam um caráter despótico e autoritário de um governo que prometeu ser liberal.

O período do Segundo Reinado foi marcado pelo crescimento econômico, que se baseou, sobretudo, no setor agrário. Considerando essa informação, julgue o próximo item.

Lei de Terras, editada em meados do século XIX, foi um instrumento jurídico destinado a proteger a propriedade do Estado sobre terras devolutas a ele pertencentes.

Date: 03/06/2018

CORRETO.

No Brasil, a Lei de Terras (lei nº 601 de 18 de setembro de 1850) foi uma das primeiras leis brasileiras, após a independência do Brasil (1822), a dispor sobre normas do direito agrário brasileiro.

Trata-se de uma legislação específica para a questão fundiária. Esta lei estabelecia a compra como a única forma de acesso à terra e abolia, em definitivo, o regime de sesmarias. Ou seja, com essa nova lei, nenhuma nova sesmaria poderia ser concedida a um proprietário de terras e também não seria reconhecida a posse por meio da ocupação das terras (usucapião). As chamadas "terras devolutas", que não tinham dono e não estavam sob os cuidados do Estado, poderiam ser obtidas somente por meio da compra junto ao governo.



Daniel Gonçalves

https://www.qconcursos.com/questoes-de-concursos/q...

Date: 03/06/2018

Com a Lei Eusébio, que proibiu o tráfico de escravos, surgiu a Lei de Terras. Como os fazendeiros não poderiam obter mão de obra escrava teriam que optar pela assalariada, ou seja, os imigrantes passaram a ser a alternativa para os fazendeiros e como o governo do segundo reinado temia que os estrangeiros acabassem ocupando as terras nacionais fizeram a Lei de Terras para que toda e qualquer terra só fosse adquirida por meio da compra.

Date: 03/06/2018

O período nomeado de Segundo Reinado é segunda fase da história do Brasil monárquico, época em que o país esteve sob a liderança de Dom Pedro II.

Em virtude dos sucessivos entraves e dificuldades enfrentadas por D. Pedro I para manter-se no trono do Brasil recém independente e, ao mesmo tempo, garantir sua influência em Portugal, a responsabilidade de comandar o Brasil recaiu sobre D. Pedro II, que assume o poder com apenas 15 anos de idade.

Antecipar a maioridade de Pedro de Alcântara (D. Pedro II) era a única alternativa da Família Real para manter-se presente e comandando o Brasil e, ao mesmo tempo, Portugal. Com esse objetivo, o chamado "golpe da maioridade" resguardou os interesses tanto das classes mais altas do país quando da própria Família Real. A iniciativa de antecipar a maioridade de D. Pedro II veio do Partido Liberal que queria, ao mesmo tempo, assegurar sua influência no poder e acabar com a instabilidade causada pelo governo regencial, que testemunhou grande desordem interna. Buscavam então acabar com a instabilidade do país e garantir seus próprios interesses.

Oficialmente, o reinado de D. Pedro II vai de 23 de julho de 1840 a 15 de novembro de 1889. Se caracteriza pela intensa luta pela estabilidade interna com o enfrentamento de revoltas, pela reorganização da política, através de uma bipartidarização que coloca frente a frente o Partido Liberal e o Partido Conservador, a instauração do parlamentarismo como forma de governo e a reativação do comércio internacional.

No cenário econômico, o cultivo do café era um grande sucesso, devido às excelentes condiões de solo e clima em algumas regiões do Brasil, principalmente em Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. Esse sucesso trouxe ao país um aquecimento econômico e a consequente necessidade de mais mão de obra escrava. O bom momento da economia era atestado pelo superávit da balança comercial, pois o Brasil mais exportava do que importava.

https://www.infoescola.com/historia/segundo-reinad...


Date: 03/06/2018

A lei Eusébio de Queiroz pôs fim ao tráfico de escravos.

Os fazendeiros deixam de obter mais mão de obra escrava.

A única saída é contratar mão de obra assalariada.

O Governo, com medo de que imigrantes começassem a ocupar as terras brasileiras.

Criou se a Lei Terras.

Assim, as áreas só poderiam ser ocupadas por meio de concessão do Governo.

O período do Segundo Reinado foi marcado pelo crescimento econômico, que se baseou, sobretudo, no setor agrário. Considerando essa informação, julgue o próximo item.

Entre os principais problemas que afligiram a lavoura de cana-de-açúcar no Nordeste destacaram-se a falta de créditos e a ausência de infraestrutura adequada.

Date: 03/06/2018

Ausência de infraestrutura adequada????

Date: 03/06/2018

O cacau, produzido na Bahia, a borracha, explorada na bacia do rio Amazonas, e o algodão, cultivado em larga escala no Maranhão, Pernambuco e Ceará, passam a ser produtos expressivos na economia brasileira. Em 1860 o algodão chega a ser o segundo produto de exportação nacional. A expansão de sua cultura, nesse período, é conseqüência da Guerra de Secessão norte-americana (1861-1865), que desorganiza a produção algodoeira dos Estados Unidos. A pecuária, embora voltada para o mercado interno, é a mais importante atividade econômica na região centro-sul. Também é responsável pela efetiva ocupação e povoamento do chamado Triângulo Mineiro e sul do Mato Grosso.

http://segundo-reinado.blogspot.com.br/p/economia-...


Date: 03/06/2018

O meio ambiente vem sofrendo, cada vez mais, ações antrópicas, que se baseiam, sobretudo, na exploração dos recursos naturais.